Página Inicial Mais futebol Brasil goleia a Rússia e conquista vaga na final

Brasil goleia a Rússia e conquista vaga na final

Escrito porRedação Wsports 12 12America/Sao_Paulo dezembro 12America/Sao_Paulo 2016

A Seleção Brasileira Feminina está voando no Torneio Internacional de Manaus. Após a vitória por 6 a 0 sobre a Costa Rica na estreia, as meninas goelaram a Rússia por 4 a 0 na noite deste domingo (11), na Arena da Amazônia, em Manaus (AM), e conquistaram, de forma antecipada, a vaga na decisão da competição. Bia e Debinha marcaram os gols da partida, com dois tentos cada.

Agora, o próximo compromisso da Seleção Brasileira na competição será na quarta-feira (14), novamente na Arena da Amazônia, diante da Itália. A partida será às 22h15 (de Brasília). A decisão da competição está marcada para o domingo (18) e a adversária será justamente a Azurra, que garantiu a vaga nesta tarde com a vitória por 3 a 0 sobre a Costa Rica. O primeiro confronto com as italianas servirá para definir quem fica com a primeira colocação na primeira fase do torneio, que garante a vantagem do empate na final. Neste momento, o Brasil é o líder da competição, com duas vitórias e saldo de dez gols, mesma pontuação e quatro tentos a mais que a Itália.


O jogo

Contando com o apoio da torcida, a Seleção Brasileira entrou ligada e buscou o primeiro gol logo aos 12 minutos. A atacante recebeu na frente, passou bonito pela marcadora russa e botou a bola no fundo da rede. Aos 40, Rafaelle arriscou de longe e acertou uma bomba na trave. Dois minutos mais tarde, Bia avançou pela direita e cruzou para Debinha, que só completou para ampliar a vantagem.

Mesmo em vantagem, a equipe canarinho não tirou o pé no segundo tempo e seguiu com postura ofensiva. Aos cinco minutos, Gabi recebeu de Andressinha na frente e deu uma ótima assistência para Bia fazer o segundo dela, terceiro da Seleção Brasileira. Aos 15, Bia partiu em velocidade pelo lado esquerdo e rolou para trás. Gabi Nunes deixou a bola passar e Debinha não perdoou e deu números finais ao duelo.

Fonte: Confederação Brasileira de Futebol