Página Inicial Notícias Cinco cachoeiras no Brasil que valem a visita

Cinco cachoeiras no Brasil que valem a visita

Escrito porRedação Wsports 17 17America/Sao_Paulo novembro 17America/Sao_Paulo 2016
Salto São João em Prudentópolis (PR). Crédito: divulgação/Setur Prudentópolis

Com um território continental repleto de belezas naturais e variados tipos de biomas o Brasil é um lugar privilegiado para turistas que gostam de cachoeiras. Espalhadas por praticamente todo o país, algumas impressionam pelo cenário em meio à maior floresta tropical do mundo, como a do Eldorado, no Amazonas, considerada a mais alta do país com aproximadamente 365 metros. Há ainda as que impressionam pelo volume de água, como as Cataratas do Iguaçu, na divisa com a Argentina – consideradas uma das sete maravilhas naturais do mundo.

O Brasil historicamente é considerado o país com maior potencial do mundo em atrativos naturais para o turismo. Além disso, é referência internacional no segmento turismo de aventura, graças à expertise dos empresários quanto ao uso de equipamentos de segurança.


Para ajudar os viajantes a escolherem a próxima cachoeira a ser visitada, a Agência de Notícias do Turismo listou cinco outras cachoeiras entre as mais altas do país que todo amante do ecoturismo precisa conhecer.

Cachoeira da Fumaça. Crédito: Jota Freitas


Cachoeira da Fumaça (BA)

Um dos pontos mais visitados do Parque Nacional da Chapada Diamantina é a Cachoeira da Fumaça – a segunda mais alta do Brasil com cerca de 340 metros. Para chegar lá é preciso caminhar seis quilômetros e é possível contratar guias no início da trilha. Para conhecer a cachoeira há opção de se hospedar em Vale do Capão. Outra opção de hospedagem é o município de Lençóis, mais distante que Vale do Capão – 70 quilômetros do início da trilha –, porém com melhor infraestrutura de hospedagem e serviços.

Cachoeira do Tabuleiro. Crédito: Setur/MG

 

Tabuleiro (MG)

A cachoeira do Tabuleiro é a mais alta do estado de Minas Gerais, com 273 metros. A queda d’água é considerada uma das sete maravilhas da Estrada Real e reúne em seu entorno cachoeiras menores e lagos, além do grande poço rodeado paredões de rochas. A cachoeira fica no distrito de Tabuleiro, distante 19 quilômetros da cidade. A partir do povoado, é preciso caminhar cerca de uma hora e meia para chegar à cachoeira. O município de Conceição do Mato Dentro, onde fica Tabuleiro, conta ainda com diversas outras opções de ecoturismo, com trilhas e cachoeiras, entre elas a Três Barras e a Rabo de Cavalo.

Salto São Francisco. Crédito: divulgação/Setur Prudentópolis

 

Salto do São Francisco (PR)

No mesmo estado onde ficam as famosas Cataratas do Iguaçu, fica outra queda d’água que encanta turistas do mundo todo: o Salto do São Francisco, a cerca de 60 quilômetros de Prudentópolis (PR). Para chegar à trilha que leva à cachoeira é importante estar preparado para atravessar de carro estrada de terra. Enquanto as Cataratas do Iguaçu têm uma altura de aproximadamente 70 metros, o Salto do São Francisco alcança impressionantes 196 metros. O acesso é feito por meio de uma trilha na mata repleta de belezas naturais. Prudentópolis é conhecida pela quantidade de cachoeiras gigantes – são mais de 100 catalogadas com altura entre 80 metros a 200 metros. Além do Salto do São Francisco também figura entre as mais belas o Salto do São João, cujo acesso atualmente pode ser feito por meio de trilhas que partem de propriedades particulares. Está em construção, entretanto, um mirante e um novo acesso graças a uma parceria entre os governos municipal e estadual.

Salto do Itiquira. Crédito: Gustavo Henrique Braga

 

Salto do Itiquira (GO)

Localizado a cerca de 120 quilômetros de Brasília, o Salto do Itiquira conta com fácil acesso, por meio de trilha pavimentada. A estrutura oferece estacionamento, banheiros, restaurante, parque infantil e áreas para banho ao longo do rio. A cachoeira fica em um parque municipal de Formosa (GO), cuja entrada é R$ 10. O percurso a pé até a cachoeira leva, no máximo, 15 minutos e no caminho é possível apreciar a mata, pássaros e animais silvestres. Com mais de 160 metros de altura a cachoeira já é visível da estrada, antes mesmo de chegar ao parque.

Cachoeira do Caracol.Crédito: Gustavo Henrique Braga


Caracol (RS)

A cachoeira do Caracol é o principal cartão postal do pequeno município de Canela (RS), com pouco mais de 130 metros de altura, localizada dentro do parque estadual de mesmo nome. Cercada por vegetação fechada, pode ser apreciada por um mirante instalado no parque. Quem visita a cidade também pode conhecer atrativos como a catedral de pedra. Outra opção de passeio nas redondezas é uma visita ao município de Gramado, palco do principal festival de cinema do país, a apenas 7 quilômetros de distância.

Fonte: Ministério do Turismo