Página Inicial Mais futebol Cueva avisa: “Gosto da responsabilidade”

Cueva avisa: “Gosto da responsabilidade”

Escrito porWsports 21 21America/Sao_Paulo setembro 21America/Sao_Paulo 2016

4027.jpg

Responsável pela armação das jogadas da equipe e um dos atletas mais decisivos do atual elenco, o peruano Cueva chamou a responsabilidade nesta terça-feira (20) antes do duelo com o Juventude, que será disputado na próxima quinta-feira (22), às 21h30 (de Brasília). O camisa 13, que tem cinco gols, duas assistências e um pênalti sofrido em 14 jogos pelo Tricolor, afirmou que está preparado para encarar o desafio de balançar as redes dos gaúchos.

“Gosto da responsabilidade. Eu e Chavez fizemos gols. Acredito que o time precisa criar para podermos marcar. Todos. Estou convencido que temos um bom elenco e podemos classificar. Estou muito tranquilo. Esse jogo será muito emocionante. Precisamos da vitória. É um clube grande, precisa de títulos. Vamos trabalhar pela classificação e para melhorar o que erramos”, analisou o meia, que completou.

“Sempre fomos um time ofensivo, mas hoje não basta. Tem de defender também, desde os atacantes. A ideia é a mesma, independentemente das variações. Entendemos o que o professor pede e vamos com a mesma ideia: que o São Paulo mantenha a mesma forma de jogar, com bom futebol e tratar de vencer. Precisamos de vitórias e títulos. É uma oportunidade bonita para dar a volta por cima”, acrescentou.

Com a derrota no primeiro confronto entre as equipes, o São Paulo precisa vencer por dois gols de diferença (2 x 0, 3 x 1, 4 x 2) ou por 3 a 2, 4 a 3 e etc.. Em caso de triunfo por 2 a 1, placar de ida, a decisão para as quartas de final da Copa do Brasil será nas penalidades máximas. “Temos que jogar como time grande. O São Paulo é grande, ganhador. Tem de se comportar assim. Estamos no São Paulo, não em qualquer clube. A responsabilidade é grande. Eu assumo, meus companheiros também. O São Paulo é uma família, todos se ajudam nos momentos bons e ruins”, emendou Cueva, que tem se destacado no clube.

“Nunca vou tomar o papel de que um time dependa de mim. O time depende de todos. Gostaria que o que fizer pelo time seja festejado ganhando um título. Fazer gol e ser constante não adianta nada sem um título. Para mim é São Paulo. Os títulos quem ganha é o time, de forma geral. As coisas não estão saindo como queremos, mas tenho certeza que vamos melhorar e na quinta-feira vamos dar alegria a todos. Os companheiros, a comissão, a torcida, enfim, todos me receberam bem. Venho fazendo as coisas bem, mas não adianta se não alcançar objetivos pessoais e do clube. Tenho de retribuir ao clube. Não adianta jogar bem, se não ganharmos coletivamente”, finalizou.

 

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net
Fonte: saopaulofc.net

tres_estrelas_assinatura

[widgets_on_pages id=”mais futebol”]
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE