Página Inicial Notícias Dono da noite, Cueva comanda goleada sobre o Corinthians

Dono da noite, Cueva comanda goleada sobre o Corinthians

Escrito porRedação Wsports 7 07America/Sao_Paulo novembro 07America/Sao_Paulo 2016

Em grande estilo e contagiado pela torcida, que fez mais uma memorável festa nas arquibancadas do Morumbi, o Tricolor se reabilitou no Campeonato Brasileiro de 2016 e ganhou mais tranquilidade neste momento decisivo da temporada. Na noite deste sábado (5), com o estádio lotado, o São Paulo venceu o Corinthians por 4 a 0 e ganhou fôlego extra para se distanciar dos últimos lugares. O nome do clássico? Cueva! Com atuação decisiva, como no Majestoso do primeiro turno, o camisa 13 comandou o triunfo são-paulino com um gol e três assistências: para os tentos de David Neres, Chavez e Luiz Araújo.

Ao lado de Kelvin, o peruano infernizou a defesa rival e foi responsável pelas melhores investidas da equipe, que com o resultado positivo subiu do 12º para o 11º lugar, agora com 45 pontos em 34 rodadas. A importante vitória neste final de semana mostrou que os torcedores estão fechados com o time, e devolveu a confiança aos comandados de Ricardo Gomes. Após o embate com o arquirrival, o Tricolor entrará em campo novamente apenas no dia 17, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, para encarar o Grêmio.


Para encarar os corintianos, o técnico Ricardo Gomes escalou o time são-paulino com Denis; Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; João Schmidt, Thiago Mendes e Cueva; David Neres, Kelvin e Chavez. Já Breno e Ytalo (cirurgias no joelho), Lucas Fernandes (cirurgias no joelho e no ombro), Bruno e Carlinhos (aprimoram forma física após lesões musculares) e Hudson (estiramento no posterior da coxa direita) não estavam à disposição. O adversário começou a partida com Cássio; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Willians, Rodriguinho, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Guilherme e Romero.

Quando o clássico começou, o Corinthians tocou a bola na defesa, enquanto o Tricolor tratou de pressionar bastante para criar as oportunidades. O São Paulo buscava as jogadas no ataque, trocava passes e tentava encontrar os espaços para finalizar. Os visitantes tentavam apostar nos contra-ataques, mas os atacantes são-paulinos marcavam em cima e ajudavam a defesa. Aos dez minutos, Thiago Mendes tocou para Kelvin que, na esquerda, pedalou para cima de Fagner e bateu cruzado: a bola passou perto do gol.

Melhor no jogo, o Tricolor logo conseguiu tirar o zero do placar. Aos 11 minutos, Kelvin entrou na área e deu um toque para o meio. Fagner tentou desarmar o camisa 30 e o derrubou. Pênalti! Assim como no primeiro turno, Cueva pediu a bola e foi para a cobrança aos 14 minutos. Com categoria, o peruano deu uma bela cavadinha e bateu o goleiro Cássio, que pulou para o lado direito: 1 a 0 e muita festa de jogadores e torcida! Foi o sétimo gol do camisa 13.

Em vantagem no marcador, o time são-paulino seguiu ligado na partida e contou com grande atuação de Kelvin, que infernizava a defesa rival. Os visitantes até tentavam sair para o jogo, mas encontravam dificuldades. Melhor posicionado em campo, o Tricolor ficava mais tempo com a posse de bola, ganhava todos os rebotes e assim dominava o Majestoso com certa tranquilidade.

Aos 33, Chavez recebeu bola longa, passou por Vilson e bateu forte no gol: a bola foi para fora, mas levou perigo. Aos 38 minutos, porém, os comandados do técnico Ricardo Gomes sofreram uma baixa: com dores musculares, Kelvin teve que deixar o duelo e deu lugar ao jovem Luiz Araújo. Antes do intervalo, o Corinthians assustou apenas uma vez, em cabeceio de Romero rente a trave, e dessa forma o primeiro tempo terminou com vitória são-paulina por 1 a 0.

Na volta para a segunda etapa, com a mesma intensidade, o São Paulo não tirou o pé e tratou de transformar o triunfo em goleada para coroar a linda festa da torcida nas arquibancadas. Aos 14 minutos, em ótimo contra-ataque, Cueva driblou Vilson e tocou para Chavez, que bateu firme: a bola passou com perigo. Sem deixar o ritmo cair, os mandantes mantiveram a pressão e ampliaram a vantagem aos 15 minutos: Cueva encontrou, com um belo passe, David Neres entre os zagueiros do Corinthians. O garoto tocou com categoria e balançou as redes: 2 a 0! Comemora, moleque!

A blitz são-paulina era intensa, contagiada pelos torcedores, e o rival não tinha vida fácil para buscar as jogadas. Superior e envolvente, o São Paulo logo anotou o terceiro para explodir o Morumbi em alegria aos 22 minutos: Cueva deu belo passe para Chavez, que bateu cruzado, sem chances para Cássio: 3 a 0! Grande jogada do peruano, o craque do Majestoso!

Daí em diante, sob os gritos olé e muita segurança no campo defensivo, o Tricolor administrou o placar com sabedoria e se reabilitou no Campeonato Brasileiro com uma convincente atuação diante do arquirrival! E quando o placar parecia definido, Cueva apareceu de novo para dar outra grande assistência, desta vez para Luiz Araújo que tocou na saída de Cássio: 4 a 0.

Que noite!

Fonte: Agência São Paulo