Página Inicial Botafogo SP Especial: Há um ano, o Botafogo conquistava a Série D do Brasileiro

Especial: Há um ano, o Botafogo conquistava a Série D do Brasileiro

Escrito porGuilherme Galdino 14 14America/Sao_Paulo novembro 14America/Sao_Paulo 2016

Há um ano, o Botafogo conquistava o título da Série D do Campeonato Brasileiro. Após a vitória no jogo de ida, por 3 a 2, no Estádio Santa Cruz, o Pantera precisava apenas de um empate sem gols para conquistar o caneco da competição.

– Curta a Fan Page do Programa Esporte Show e receba as notícias do Botafogo em primeira mão e, também, assista o programa ao vivo no seu Facebook


No primeiro duelo, os destaques do Pantera foram Francis – por marcar os três gols botafoguenses, Samuel Santos, Neneca, Diego Pituca, Vitinho, Canela e Helton Luiz. O jogo de volta foi disputado no Estádio Governador Alberto Tavares Silva, em Teresina-PI. O time da casa precisava reverter o placar do primeiro duelo.

Fora de campo, a torcida piauiense marcava pressão sobre a delegação botafoguense. Ao apito inicial do jogo, a equipe do River foi para em busca do que parecia simples: marcar apenas um gol e se tornar campeã. Porém não foi fácil.

Era confronto de um time só. Enquanto a equipe mandante atacava, o Botafogo se defendia. Os paulistas até tentaram assustar os adversários, mas não tinha força ofensiva. Aos 36 minutos da primeira etapa, o volante Diego Pituca, do Botafogo, arrancou em contra-ataque, mas desperdiçou, mandando para a linha de fundo.

No segundo tempo, a pressão aumentou. Aos 10, o Tricolor de Ribeirão ficou com a menos, depois que César Gaúcho levou o segundo cartão amarelo, após dar uma entrada na disputa de bola com Diógenes Alves.

Conforme o tempo passava, o River ficava perdido dentro de campo. Neneca, por sua vez, salvou o Pantera das Américas ao espalmar a bola para escanteio na cabeçada de Junior Xuxa, depois de cobrança de falta.

Sem tempo para mais nada, o Botafogo conquistava ali, no dia 14 de novembro de 2015, o primeiro título nacional na história do clube quase centenário. Na chegada à Ribeirão Preto, o Tricolor foi recebido com muita festa e carreta – com direito a trio-elétrico.

Foto: Rogério Moroti | Agência Botafogo

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE