Página Inicial Notícias “Esta camisa tem um peso enorme”, diz Neílton

“Esta camisa tem um peso enorme”, diz Neílton

Escrito porRedação Wsports 23 23America/Sao_Paulo dezembro 23America/Sao_Paulo 2016

Um dos destaques do Campeonato Brasileiro de 2016, o atacante Neilton chegou motivado ao Tricolor para dar sequência ao seu bom momento na carreira. O jogador, que era um dos trunfos do Botafogo na campanha que garantiu uma vaga aos cariocas na próxima edição da Copa Libertadores da América, também está ansioso para trabalhar com o técnico Rogério Ceni e reforçar a equipe na briga por títulos em 2017.

“Chegar ao São Paulo é a realização de mais um sonho. Uma satisfação enorme. Darei o meu máximo para que seja uma excelente passagem pelo clube. Estou focado e vou me dedicar bastante. Esta camisa tem um peso enorme, e espero conquistar títulos aqui como grandes jogadores fizeram. Um clube tricampeão da Libertadores e do Mundial tem que brigar por títulos sempre”, afirmou o atleta, de 22 anos.


Neilton chegou ao Tricolor em uma troca envolvendo o volante Hudson, que seguirá para Belo Horizonte para defender o clube mineiro na próxima temporada. O atacante assinou contrato por empréstimo até o final de 2017. Ao final deste período, os clubes têm opção de compra. O jogador despertou o interesse da equipe são-paulina após a grande trajetória pelo time botafoguense: conquistou o Campeonato Brasileiro Série B (2015) e a vaga na Libertadores de 2017, além de marcar 18 gols em 72 partidas.

Antes de despontar no Rio de Janeiro, o atacante revelado nas categorias de base do Santos passou pelo Cruzeiro. De acordo com Neilton, o retorno ao futebol paulista mostrará um atleta com mais bagagem. “Estou mais experiente, centrado e espero que 2017 seja tão bom quanto 2016. Trabalhar com o Rogério também me deixou bastante motivado, e espero que seja uma excelente temporada. Quero conquistar a torcida são-paulina, a confiança do treinador e ter uma passagem vitoriosa aqui”, acrescentou.

Filho de são-paulinos, Neilton revelou que os seus familiares festejaram o acerto com o Tricolor. “Todos lá em casa são são-paulinos. Meus irmãos e meus pais ficaram contentes com esta notícia. Vou honrar a camisa do São Paulo pela torcida e por eles também”, completou o atleta, que definiu as suas características. “Gosto de jogar mais pelas pontas, com velocidade e drible. Me entrego pela equipe, tento ajudar sempre e buscarei isso aqui”, afirmou o atacante, que terá a concorrência de Wellington Nem, David Neres e Luiz Araújo.

“Acredito que será uma disputa sadia. Temos que respeitar as escolhas do Rogério. O que ele definir, está decidido (risos). Vou lutar, correr e ajudar, como fiz em 2016. Tive uma temporada sensacional, uma das melhores da minha carreira, mas vou trabalhar para que 2017 seja ainda melhor. Estou focado em 2017 e pronto para ajudar o São Paulo”, finalizou.

Fonte: Agência São Paulo