Página Inicial Botafogo SP Isac marca e Tricolor fica muito perto da classificação

Isac marca e Tricolor fica muito perto da classificação

Escrito porWsports 10 10America/Sao_Paulo setembro 10America/Sao_Paulo 2016
Isac marca e Tricolor fica muito perto da classificação

Não faltou raça e nem futebol para o Botafogo, que foi buscar uma vitória com muita luta, por 1 a 0, contra o Tombense-MG, na noite deste sábado (10), no Estádio Santa Cruz. Isac saiu do banco de reservas para acabar com a aflição da nação botafoguense e marcou o gol da vitória aos 39 minutos da etapa complementar.

O resultado foi de extrema importância para o Tricolor, que deu um passo gigante rumo à classificação à segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série C. O time subiu para a segunda colocação do Grupo B, agora com 30 pontos, e pode até garantir a classificação matemática ainda nesta rodada. Para que isso aconteça, basta que o Juventude-RS não vença o Macaé-RJ, neste domingo (11), às 11h30, em Caxias do Sul. Os gaúchos estão com 24 pontos e são os únicos que ainda poderiam alcançar a pontuação botafoguense nas duas rodadas finais da primeira fase.

CLIQUE AQUI e veja as fotos do jogo.

O último jogo do Botafogo pela primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C será contra o Macaé-RJ, no domingo (18), às 16h00, no Estádio Moacyrzão, em Macaé-RJ. Neste jogo, o técnico Márcio Fernandes não poderá contar com o lateral Diego Pituca, que foi punido com o terceiro cartão amarelo.

O JOGO
Os primeiros minutos foram todos de maior posse de bola e volume de jogo do Botafogo. Com toques rápidos e envolventes, os atacantes botafoguenses conseguiram encontrar espaços para criar boas jogadas. Tiago Marques tentou finalizar duas vezes e ficou muito perto de abrir o placar.

Na sequência, o zagueiro Matheus Mancini foi se aventurar também no ataque e quase surpreendeu. O defensor mandou uma bomba de longa distância, o goleiro Darley se enrolou todo para fazer a defesa e deu rebote. Cléo Silva vinha na corrida e não conseguiu chegar a tempo para tocar para as redes.

Darley ainda deu outro susto nos visitantes pouco tempo depois. Daniel Borges tentou fazer um lançamento em direção ao gol e o camisa 1 dos mineiros saltou na bola de maneira esquisita e jogou ela para escanteio.

O Tricolor seguiu mandando no duelo e perdeu uma chance incrível, aos 31 minutos. Na base da pressão, Cléo Silva roubou a bola de Matheus Lopes e deu assistência precisa para Zotti. O camisa 10 chegou inteiro no lance, tentou tirar do goleiro e mandou a bola ao lado da trave.

O técnico Márcio Fernandes optou por mandar a campo um time ainda mais ofensivo. Ele sacou o volante Ramires e promoveu a entrada do meia Thiago Primão. O Tricolor continuou com mais posse de bola e com mais ímpeto no setor ofensivo.

Apoiado pela nação botafoguense, os jogadores do Tricolor não desistiram e lutaram até o final. Toda a disposição e vontade demonstrada dentro de campo foi coroada com um golaço de um artilheiro que saiu do banco de reservas. Zotti deu passe preciso para Isac e o goleador dominou a bola na grande área e fuzilou a bola para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA:

Botafogo 1 x 0 Tombense-MG
Brasileiro Série C 2016 – 17ª Rodada
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 10/09/2016 – Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci-SC (FIFA)
Assistente 1: Helton Nunes-SC (ASP-FIFA)
Assistente 2: Rosnei Hoffmann Scherer-SC (CBF-1)
Quarto Árbitro: Thiago Duarte Peixoto-SP (ASP-FIFA)

Gols: Isac, aos 39’/2ºT (Botafogo);
Cartões amarelos: Zotti e Diego Pituca (Botafogo); Gedeilson e Bileu (Tombense-MG);

Público: 4.609 pagantes
Renda: R$ 59.890,00

Botafogo: Neneca; Daniel Borges, Filipe, Matheus Mancini e Diego Pituca; Rodrigo Thiesen, Ramires (Thiago Primão) e Zotti; Serginho (Diogo Campos), Tiago Marques (Isac) e Cléo Silva. Técnico: Márcio Fernandes.

Tombense-MG: Darley; Gedeilson, Jorge Luiz, Matheus Lopes e Fernandinho; Bileu, Doriva, Léo Rodrigues (Carlos Magno) e Ewerton Maradona (Betinho); Daniel Amorim e Rodney (Felipe Alves). Técnico: Moacir Júnior.

Foto: Rogério Moroti / Agência Botafogo
Fonte: Agência Botafogo

tres_estrelas_assinatura

[widgets_on_pages id=”botafogo”]