Página Inicial Notícias Na Vila Belmiro, Santos vence Palmeiras, entra no G3 e sonha com o título

Na Vila Belmiro, Santos vence Palmeiras, entra no G3 e sonha com o título

Escrito porRedação Wsports 31 31America/Sao_Paulo outubro 31America/Sao_Paulo 2016

O Santos FC segue vivo na luta pelo título do Campeonato Brasileiro 2016. Na noite deste domingo, na Vila Belmiro, o Peixe venceu o Palmeiras por 1 a 0 e diminuiu a diferença para o rival para seis pontos. Além disso, com o gol do colombiano Copete, o Alvinegro Praiano chegou aos 61 pontos na terceira colocação do Nacional.

A equipe santista iniciou o embate sufocando a saída de bola dos visitantes. Com movimentações rápidas, o Peixe levou perigo ao gol adversário com Ricardo Oliveira e Luiz Felipe nos primeiros 20 minutos. Apesar de impor o ritmo de jogo durante toda a primeira etapa, o único tento da partida saiu somente aos 22 minutos do segundo tempo.


Após ataque pela esquerda, Lucas Lima cruzou a bola na primeira trave e viu Ricardo Oliveira dividir com a defesa palmeirense. Na sobra, a bola sobrou para Copete empurrar para o fundo das redes e levar à torcida santista ao delírio na Vila Mais Famosa.

O Alvinegro Praiano seguiu pressionando até o final do embate, mas a partida terminou com a vitória por 1 a 0. Com folga de dois dias, o Peixe volta aos treinamentos na tarde desta terça-feira (1), no CT Rei Pelé. O próximo compromisso do time do técnico Dorival Júnior será no sábado (5) diante da Ponte Preta. A partida será realizada no Estádio Moisés Lucarelli, às 21 horas, em Campinas.

Santos FC 1 x 0 Palmeiras
Local: Vila Belmiro, às 16 horas;
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA/FIFA);
Auxiliares: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helcio Araujo Neves (PA);
Cartões amarelos: Fabián Noguera, Zeca, Lucas Lima e Ricardo Oliveira (SFC); Mina, Moisés e Gabriel Jesus (SEP);
Gols: Copete, aos 22 minutos do segundo tempo.

Santos FC: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Luiz Felipe (Fabián Noguera) e Zeca; Thiago Maia, Renato, Jean Mota(Yuri) e Lucas Lima; Copete (Caju) e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

Palmeiras: Vinícius Silvestre; Fabiano (Leandro Pereira), Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Jean, Tchê Tchê, Moisés e Allione (Cleiton Xavier); Dudu (Rafael Marques) e Gabriel Jesus. Técnico: Cuca.