Página Inicial Notícias O que realmente funciona para clarear a pele?

O que realmente funciona para clarear a pele?

Escrito porRedação Wsports 9 09America/Sao_Paulo novembro 09America/Sao_Paulo 2016

As manchas na pele afetam uma grande parte das pessoas e muitas delas sentem-se bastante incomodadas com as marcas que ficam no rosto ou alguma outra parte do corpo.

As manchas podem aparecer principalmente na idade fértil e durante a gravidez, em regiões que acumulam melanina — como as bochechas, testa e acima dos lábios — e são desencadeadas por inclinação genética, fatores hormonais e exposição aos raios solares, que estimulam ainda mais a produção desta melanina, deixando na pele aquelas manchas escuras e acastanhadas.


Como prevenir o surgimento das manchas?

A melhor forma de evitar que as manchas apareçam é usar o protetor solar. Usar diariamente, faça sol ou não. De preferência usar um fator acima de 20. Enquanto você ainda não tem manchas, o uso de clareadores dermocosméticos também ajudam bastante na prevenção.

Qual é o melhor tratamento para eliminar as manchas?

Primeiramente, é importante reforçar que, diferente do que circula pela internet, pomadas hidratantes como Bepantol, Hipoglós e Minâncora, bem como receitas caseiras à base de maisena, açúcar e limão, não clareiam manchas da pele.

É bom que você saiba que quanto mais precoce o tratamento, maiores são as chances das manchas desaparecerem.  Aos primeiros sinais, a melhor medida é consultar um dermatologista para que ele indique o tratamento mais adequado para a situação da sua pele.

Tratamentos para Clarear as Manchas

Peeling Químico

Felizmente, as manchas na pele são normalmente superficiais. Uma boa dica para remover manchas antigas ou novas na pele é fazer um peeling químico. O peeling químico utiliza ácidos alfa-hidroxi, que podem ser eficazes no tratamento nestas manchas superficiais. Peelings químicos queimam a camada superior da pele danificada, revelando uma pele mais clara e sem danos. Para melhores resultados, tenha o seu peeling químico realizado por um profissional.

O peeling é feito em sessões, e por isso é preciso um pouco de paciência para apreciar os resultados. No geral são necessárias ao menos 10 sessões para se ter uma pele limpa de fato. Durante este período é preciso não se expor ao sol sem proteção. O tratamento remove as células mortas do corpo e estimula o crescimento de novas, deixando por isso a sua pele mais bonita e saudável.

Spectra Laser Toning

Uma tecnologia recentemente aprovada pelo órgão americano FDA (Food and Drug Administration), e que já é considerada um dos maiores avanços no tratamento das manchas. Antes desse tratamento ser aprovado, havia uma contra-indicação de se fazer laser, por conta do risco de causar efeito rebote na mancha (o laser causa um processo inflamatório na pele, que por sua vez se defende produzindo mais melanina o que pode intensificar ou aumentar as manchas).

Laser CO₂

Além de clarear as manchas, a emissão do laser CO₂ também é capaz de rejuvenescer da pele, eliminar rugas, cicatrizes de acne, combater a flacidez e o envelhecimento solar. O aparelho pode atingir a camada mais profunda da epiderme e assim promover resultados eficazes e duradouros.

Fototerapia

Outro método eficaz no combate as manchas de pele é a fototerapia, que também tem ação multifuncional. O procedimento transporta energia para as células da epiderme por meio da irradiação eletromagnética de baixa frequência. Dessa maneira, ele elimina as manchas, rugas e até acnes.

As peles mais sensíveis ficarão encantadas com a fototerapia, pois além de ser totalmente seguro, o tratamento é indolor. Por não ser invasiva e nem ionizável, a técnica não emite raios UV e nem causa o aumento da temperatura da superfície da pele, não provocando efeitos colaterais.

Cosmocair C250

Equilibra a produção da melanina e regula sua transferência para os queratinócitos – células da epiderme. Contém Nano White, ativo que associa arbutin (despigmentante de origem vegetal) a outros ingredientes de efeito antioxidante, como a glutationa e as vitaminas C e E.

Além das substâncias despigmentantes, os manipulados podem conter filtro solar e ingredientes que combatem o envelhecimento, o ressecamento ou o excesso de oleosidade, tudo no mesmo pote. A desvantagem é que são mais instáveis e, portanto, duram menos tempo. Fique de olho na data de validade.

Ativos que ajudam no Clareamento

Hidroquinona

A hidroquinona  é um agente despigmentante da pele. É utilizada topicamente no tratamento de despigmentação de manchas dermatológicas como melasmas, sardas, lentigos senis, hiperpigmentação pós-inflamatória e dermatite.

A hidroquinona é um dos ativos mais prescritos pelos dermatologistas para combater as manchas, porém é necessário tomar cuidado com o tratamento.

Sabe-se que a aplicação tópica da Hidroquinona pode ocasionar a ocorrência de sensibilidade na pele, coceira, descamação, vermelhidão, ressecamento e outros problemas mais graves. Por isso sempre deve ser ministrada com acompanhamento médico.

Ácido Retinoico

O ácido retinoico age profundamente na pele. Ele aumenta a produção de colágeno para diminuir rugas e manchas.  O ácido retinoico é um ótimo tratamento de rejuvenescimento. Usado regularmente, traz benefícios a longo prazo: suaviza rugas, diminui a aspereza da pele, clareia manchas. Parando de usar, os resultados desaparecem com o tempo.

O ácido retinoico também ajuda outros procedimentos rejuvenescedores. Por exemplo, um peeling facial ou alguns laseres rejuvenescedores têm resultados melhores em quem já esteja usando ácido retinoico.

Ácido Kójico

O ácido kójico (despigmentante natural)  age sobre a pele inibindo a ação e a produção da melanina — substância produzida pelos melanócitos que causam, além do bronzeado, manchas na pele. O ácido kójico também atua como antiséptico impedindo a proliferação de fungos e bactérias na pele. Ele também tem ação antioxidante (ajudando na prevenção do envelhecimento cutâneo) e pode ser usado em formulações junto com ácido glicólico, vitamina C entre outros ativos.

Fonte: Beleza & Saúde