Página Inicial Notícias Os múltiplos benefícios das tâmaras para a saúde

Os múltiplos benefícios das tâmaras para a saúde

Escrito porWsports 12 12America/Sao_Paulo setembro 12America/Sao_Paulo 2016
Imagem: Lócuston / Divulgação

Por que a fruta que vem de Israel está conquistando os brasileiros, principalmente os adeptos da alimentação funcional

Foi-se a época em que as tâmaras eram frutas presentes somente nas celebrações natalinas ou restritas às famílias de origem muçulmana. Ano após ano, a fruta vem conquistando espaço no mercado nacional e lugar de destaque nas frutarias; isso porque as tâmaras são as “queridinhas” do momento entre os adeptos da alimentação saudável e funcional.


De acordo com a nutricionista Daniele Pagliarini, a tâmara é rica em fibras, potássio e cobre, vitaminas, tais como a tiamina, riboflavina, niacina, ácido fólico, vitamina A, K, e ainda possui propriedade altamente energética. “A tâmara é um fruto riquíssimo em antioxidantes, por isso nos fornece proteção extra contra os radicais livres, podendo reduzir os efeitos do stress no organismo e ainda melhorar a imunidade. Além disto, seus índices de vitamina C (ácido ascórbico) estão entre 50 e 100 vezes a mais do que a banana, 8 a 17 vezes mais do que a laranja, de 75 a 150 vezes que as peras e 50 vezes mais do que a maçã”, destaca.

Outro importante componente das tâmaras é o ácido pantotênico (vitamina B5), conhecido por seus efeitos tranquilizantes, que faz com que seja considerada um anti-stress natural por sua capacidade de relaxar e também pela sensação de bem-estar que proporciona. Por conter triptofano, estimula a formação de melatonina e serotonina, contribuindo para a redução da ansiedade, melhora do sono e combate à insônia. Vale destacar que em meio aos benefícios da tâmara para a boa forma e saúde, a fruta pode oferecer alto teor de açúcar, em média 66,5 gramas por 100 gramas, o que agiria negativamente sobre a saúde, se consumida excessivamente.

Prevenção de AVC

Sabia que uma dose diária de tâmaras pode reduzir em até 40% o risco de acidente vascular cerebral. Entenda por quê: Grama por grama, Kg por kg, as Tâmaras Medjool (frescas) são uma das melhores fontes naturais de potássio. O potássio é um mineral essencial que seu corpo precisa para manter as contrações musculares, incluindo o músculo cardíaco vital. O potássio é necessário para manter a saúde do sistema nervoso e para equilibrar o metabolismo do organismo. “Como o potássio não é armazenado no corpo, e muito é perdido na transpiração, deve ser continuamente reabastecido. Com o aumento do consumo do potássio ocorrerá a eliminação do sódio, ajudando a manter a pressão arterial baixa. Com o envelhecimento, os rins tornam-se menos eficientes na eliminação de sódio”, explica a nutricionista.

Cerca de um aumento de 400 mg na ingestão de potássio tem sido associada com uma redução de 40% no risco de acidente vascular cerebral.

Combate ao Alzheimer

Imagem: Lócuston / Divulgação
Imagem: Lócuston / Divulgação

Em pesquisa publicada no Journal of Ayurveda and Integrative Medicine, as tâmaras se mostraram eficazes na luta contra a doença de Alzheimer. As tâmaras são frutos que fornecem muitas fibras e são ricas em polifenóis e antioxidantes naturais: antocianinas, ácido ferúlico, ácido protocatecuico e ácido cafeico. Estes compostos já demonstraram ter efeito neuroprotetor em diversos modelos de estudo.

Na pesquisa foram usados ratinhos com doença de Alzheimer; parte deles alimentados com alimentação normal, e o restante com alimentação suplementada com tâmaras. Foram avaliadas funções como memória espacial, capacidade de aprendizagem, coordenação psicomotora, comportamento relacionado com a ansiedade e níveis de proteína beta amilóide. Os resultados foram melhores nos ratinhos suplementados com tâmaras e ainda maior nos ratinhos que comeram mais quantidade (4% do valor energético total). Os ratinhos sem tâmaras viram o seu desenvolvimento ter uma evolução muito negativa e a quantidade de proteína beta amilóide aumentada.

Tâmara medjool

Esta variedade da fruta, cuja polpa é saborosa e extremamente cremosa, é maior que a tradicional, e sua tonalidade pode variar de marrom a roxo escuro, de acordo com os métodos de tratamento empregados. “A maioria das tâmaras encontradas nos mercados e frutarias são as secas, que recebem adição de açúcar para prolongar sua conservação. Já a Medjool é uma fruta comercializada de forma fresca, por isso, mais saudável”, destaca Ricardo Cipriani, do departamento de vendas internacionais da Lócuston, que importa a fruta de Israel. “Uma tâmara bem acondicionada pode ser consumida depois de 36 meses da sua colheita, sem sofrer alteração em suas características”, complementa.

Os volumes da importação têm crescido a cada ano, chegando a uma projeção de crescimento de mais de 100% até o final de 2018, com pelo menos 30% ainda em 2016. Se hoje o Brasil importa 260 toneladas ao ano, a expectativa é que esse número chegue a 1.000 toneladas nos próximos dois anos.

Na gastronomia

No dia a dia, a fruta pode ser consumida ao natural, entre as refeições. Mas cada vez mais os chefs estão inserido a tâmara em receitas tanto doces como salgadas. Opções como cookies, trufas,  bolos e tortas, além de combinar com alguns pratos salgados como molhos e cuscuz. Confira algumas propriedades da fruta* (referente à 1 unidade)

  • Energia – 66 calorias;
  • Carboidratos – 17,99 g;
  • Proteínas – 0,43 g;
  • Fibras – 1,6 g;
  • Potássio – 167 mg;
  • Manganês – 0,3 mg;
  • Magnésio – 54 mg;
  • Vitamina B6 – 0,2 mg.

Foto: Plena Mulher
Fonte: Plena Mulher

tres_estrelas_assinatura

[widgets_on_pages id=”saude”]

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE