Página Inicial Botafogo SP Resultados da rodada aumentam pressão por vitória do pantera

Resultados da rodada aumentam pressão por vitória do pantera

Escrito porWsports 5 05America/Sao_Paulo setembro 05America/Sao_Paulo 2016

botafogo_treino

A rodada do final de semana não foi positiva para o Botafogo. As vitórias de Tombense, Ypiranga e Boa Esporte, fizeram com que o tricolor caísse da vice-liderança para a quarta colocação na tabela de classificação.

O Boa Esporte, com a vitória sobre a Portuguesa de Desportos, no Canindé, por 2 x 0, colocou o time mineiro na segunda colocação com 29 pontos. O Ypiranga que empatou em 0 x 0 com o Mogi Mirim, somou 27 pontos, mesma pontuação de Botafogo, porém, o primeiro critério de desempate é o número de vitórias e nesse quesito, o time de Erechim tem uma a mais, 8 contra 7 do pantera, por isso os gaúchos ficam com a terceira posição.


O Botafogo que ainda não jogou na rodada, permanece com seus 27 pontos ganhos e a partida de logo mais, às 19:15, no estádio Santa Cruz, contra o Guarani FC, ganhou contornos de importância maior do que apenas o grande clássico do interior paulista, o resultado pode recolocar o pantera na vice-liderança, no caso de vitória botafoguense, pode também, deixar o time ribeirão-pretano na terceira colocação, no caso de empate mas também pode complicar as coisas para os planos panterinos, no caso de derrota o tricolor não sai do G4, porém vai ficar com apenas 1 ponto a frente do 5º colocado, o Tombense que soma 26 pontos.

O técnico Márcio Fernandes fez mistério durante a semana e só vai divulgara sua equipe titular momentos antes do jogo. Ele não poderá contar com o lateral-direito Daniel Borges e com o meia Zotti, suspensos.

FICHA TÉCNICA:
Botafogo x Guarani-SP
Brasileiro Série C 2016 – 16ª Rodada
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data: 05/09/2016 – Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Fábio Filipus – PR (CBF-1)
Assistente 1: Victor Hugo Imazu dos Santos – PR (CBF-1)
Assistente 2: Pedro Martinelli Christino – PR (CBF-1)
Quarto Árbitro: Leonardo Ferreira Lima – SP (CBF-3)

Botafogo: Neneca; Sousa (Mirita), Filipe, Matheus Mancini e Diego Pituca; Rodrigo Thiesen, Derli, Ramires e Helton Luiz (Thiago Primão); Isac e Tiago Marques. Técnico: Márcio Fernandes.

Guarani-SP: Leandro Santos; Lenon, Maurício, Ferreira e Gilton; Auremir, Zé Antônio e Marcinho; Pipico, Edinho e Deivid. Técnico: Marcelo Chamusca.

CONFRONTO:
Botafogo e Guarani-SP já se encontraram 114 vezes, desde 1946. O Tricolor soma 32 vitórias, contra 40 dos campineiros, além de 42 empates. Por Brasileiros, as equipes se
enfrentaram nove vezes, sendo duas pela Série A, em 1999 e 2001, seis pela Série B, com dois jogos nos anos de 1981, 1990 e 1991, além do empate por 0 a 0 na Série C deste ano, em jogo realizado no Brinco de Ouro.

O último entre as equipes no Estádio Santa Cruz aconteceu pelo Paulistão de 2013. O Botafogo venceu por 3 a 1, com gols de César Gaúcho, Otacílio Neto e Francis para o Pantera, e Siloé para o Bugre.

ESTATÍSTICAS DO CONFRONTO:
114 – Jogos
32 – Vitórias do Botafogo
40 – Vitórias do Guarani-SP
42 – Empates
151 – Gols do Botafogo
177 – Gols do Guarani-SP

ARTILHEIROS DO BOTAFOGO NO TORNEIO:
Alemão e Diogo Campos (5 gols); Zotti (4); Samuel Santos (3); Tiago Marques e Isac (2), Serginho, Filipe e Danilo Bueno (1)

ATLETAS LESIONADOS:
Baratella (Síndrome Compartimetal) e Vitinho (ligamento cruzado do joelho esquerdo)

ATLETAS COM AMARELO:
Helton Luiz, Diego Pituca e Neneca (2 cartões); Augusto Ramos, Daniel Borges, Mirita, Sousa, Tiago Marques, Filipe, Rodrigo Thiesen, Serginho, Matheus Mancini, Diogo Campos e Derli (1)

ATLETAS SUSPENSOS:
Daniel Borges (cartão vermelho) e Zotti (três amarelos)

  • O Botafogo volta a disputar a Série C do Brasileiro após 14 anos, divisão que disputou pela última vez em 2003.
  • O Tricolor foi vice-campeão da Série C do Brasileiro em 1996, perdendo a final para o Vila Nova-GO, mas conquistando o acesso para a Série B do Brasileiro de 1997.
  • O Pantera atua em 2016 com uma estrela sobre seu escudo, já que na temporada passada conquistou o título da Série D e o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro.
  • O goleiro Neneca é um dos ídolos atuais do Tricolor. O arqueiro chegou ao Pantera em junho de 2015 e já realizou 46 jogos oficiais, somando 19 vitórias, 19 empates e oito derrotas. Sofreu apenas 32 gols nestas partidas.
  • O lateral-direito Daniel Borges, revelado no clube, completou diante do Juventude-RS, na última rodada da Série C, seu 108º jogo com a camisa do Pantera.
  • O lateral-esquerdo Augusto Ramos já realizou 90 jogos com o Botafogo. O atleta foi revelado no início dos anos 2000 e fez parte do elenco que foi vice-campeão Paulista de 2001.
  • O zagueiro Mirita, também revelado pelo Tricolor, já disputou 51 jogos com a camisa profissional do Pantera.
  • Ex-atacante, o técnico Márcio Fernandes passou pelo Botafogo como jogador nas temporadas 1980/1981.
  • Márcio Fernandes é o atual campeão da Série C, título conquistado na temporada passada pelo Vila Nova-GO, na decisão contra o Londrina.
  • Oito jogadores do elenco da Série C 2016 foram revelados pelo Botafogo, são eles: João Lucas, Talles, Daniel Borges, Augusto Ramos, Matheus Mancini, Mirita, Carlos Henrique e Caio Ruan.
  • O Botafogo contratou doze reforços para a Série C, são eles: Derli, Zotti, Francesco, Filipe, Isac, Ramires, Thiago Primão, Carlos Breno, Cléo Silva, Thiago Marques, Leleco e Carlos André.

Foto: Lucas Manaf / Agência Botafogo

tres_estrelas_assinatura

[widgets_on_pages id=”botafogo”]