Página Inicial Mais futebol Revés em Curitiba

Revés em Curitiba

Escrito porWsports 19 19America/Sao_Paulo setembro 19America/Sao_Paulo 2016

Em duelo parelho, Atlético-PR levou a melhor e venceu o Tricolor por 1 a 0 pelo Brasileiro

Após o tropeço, o Tricolor retomará o foco na Copa do Brasil na briga pelo inédito título do torneio. Na próxima quinta-feira (22), no Rio Grande do Sul, os paulistas visitarão o Juventude pela partida de volta das oitavas de final. Na ida, no Morumbi, os gaúchos venceram por 2 a 1. Já pelo Campeonato Brasileiro, o clube terá um novo compromisso apenas no próximo final de semana, na Bahia, diante do Vitória. Com 34 pontos em 26 rodadas, o São Paulo ocupa a 12ª colocação.

Para encarar os paranaenses, o técnico Ricardo Gomes escalou a equipe com Denis; Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Thiago Mendes e Wesley; Cueva, Kelvin e Chavez. Não estavam à disposição Breno e Ytalo (cirurgias no joelho), Lucas Fernandes (cirurgias no joelho e no ombro), Renan Ribeiro e Wellington (aprimoram forma física). Já o adversário atuou com Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio e Hernani; Pablo, Rossetto e Lucas Fernandes; André Lima.

Quando a bola rolou, os donos da casa assustaram primeiro e construíram as melhores jogadas nos instantes iniciais. Aos cinco minutos, Maicon travou a finalização dos mandantes. Pouco depois, aos 11, Nicolas bateu falta, Thiago Heleno cabeceou e Denis fez uma defesa espetacular! Com reflexo e agilidade, o camisa 1 impediu que o zero saísse do placar. Para tentar responder e não deixar os paranaenses mandarem na partida, o São Paulo contra golpeou no minuto seguinte: Thiago Mendes carregou pelo meio firme, mas a bola saiu à direita do gol.

Após um começo agitado, o duelo ficou mais parelho e as oportunidades só surgiram novamente na reta final da primeira etapa. Aos 36, Pablo arriscou de fora da área, e o goleiro tricolor mandou para escanteio. Outra grande intervenção de Denis! Na sequência, para tentar surpreender, o São Paulo se mandou para o ataque e, por pouco, não largou na frente aos 38 minutos: Cueva bateu colocado da intermediária, e o goleiro do Atlético-PR foi buscar.

Na volta para a segunda etapa, a forte marcação das duas equipes impediu que as chances claras aparecessem. Dessa forma, para tentar mudar o panorama do confronto e dar cara nova ao sistema ofensivo, Ricardo Gomes apostou na entrada de Michel Bastos na vaga de Wesley. Os atleticanos, empurrados pela torcida, levaram perigo aos 29 minutos, mas pararam em outra bela defesa de Denis.

E quando o embate era equilibrado, com os dois times em busca da vitória, o adversário conseguiu bater a defesa são-paulina. Aos 34, Léo cruzou, a bola desviou no meio do caminho e traiu o sistema defensivo dos visitantes, que não puderam impedir que Pablo mandasse para o fundo das redes: 1 a 0. Em busca do empate, o Tricolor ainda contou com a entrada de Robson, que herdou o lugar de Kelvin, mas os mandantes administraram a vantagem e levaram a melhor. Chavez ainda assustou em chute potente, mas o placar não foi alterado novamente: 1 a 0.

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net
Fonte: saopaulofc.net

tres_estrelas_assinatura

[widgets_on_pages id=”mais futebol”]