Página Inicial Notícias Veja cinco alimentos brasileiros ricos em antioxidantes

Veja cinco alimentos brasileiros ricos em antioxidantes

Escrito porWsports 13 13America/Sao_Paulo setembro 13America/Sao_Paulo 2016
Imagem: Gadini/Shutterstock

Nada como poder unir uma alimentação saudável a sabores únicos e maravilhosos, certo? E nisso, o Brasil é naturalmente um especialista.

Muitas das nossas frutas nativas são fontes de antioxidantes, substâncias que evitam a formação de radicais livres no organismo. A nutricionista Clarissa Fujiwara explica que os radicais livres em excesso favorecem o envelhecimento celular e o aparecimento de diversas doenças. “Assim, os antioxidantes ajudam no combate ao envelhecimento precoce e ajudam a prevenir doenças”.


Listamos abaixo frutas e castanhas nativas que, além de ricas em antioxidantes, possuem outros benefícios incríveis para a sua saúde. Confira!

Açaí

O açaí é um fruto típico e popular da região amazônica, que nos últimos anos ganhou importância devido aos benefícios à saúde, associados à sua composição fitoquímica e a capacidade antioxidante. As antocianinas são os compostos que mais contribuem com a capacidade antioxidante, além de serem responsáveis pela cor vermelha escura característica da polpa do fruto. Além disso, o açaí é rico em gorduras benéficas como as monoinsaturadas e poli-insaturadas, que auxiliam na redução do colesterol ruim (LDL) e melhoram o colesterol bom (HDL), contribuindo para a saúde cardiovascular.

Cupuaçu

O cupuaçu é mais uma superfruta brasileira, encontrado com frequência na região Norte do país. Da mesma família do cacau, contém quantidade significativa de potássio, além de outras vitaminas e minerais, embora em quantidades menores. Outro destaque vai para a pectina, uma fibra solúvel que ajuda no bom funcionamento do intestino, no controle da glicemia, além de ajudar na manutenção de níveis saudáveis de colesterol. As informações sobre as propriedades antioxidantes do cupuaçu ainda são escassas, entretanto, um estudo identificou 9 tipos de flavonoides nas sementes da fruta. É tanta coisa boa numa fruta só que o cupuaçu é conhecido como “farmácia em uma fruta”.

Castanha do Pará

Além de vitamina E, o grande destaque no caso da castanha do Pará (ou castanha do Brasil, como é conhecido no resto do mundo) é o selênio, um mineral antioxidante e essencial na produção de hormônios da tireoide. O consumo em média de uma castanha do Pará por dia é capaz de suprir a necessidade diária de selênio, mineral que reforça o sistema imunológico.

Guaraná

O guaraná tem o poderoso benefício de ter efeitos estimulantes, e algumas pesquisas sugerem que o extrato do fruto contribui para a perda de gordura. “Embora os mecanismos ainda não sejam totalmente esclarecidos, ” diz a nutricionista Clarissa Fujiwara, “parte do efeito pode ser atribuído ao efeito termogênico que acelera o metabolismo e incrementa o gasto de energia”. Além disto, pesquisas revelam que o guaraná possui perfil de antioxidantes bastante similar a outros alimentos já bastante consagrados por esta propriedade, como o chá verde e o cacau, por exemplo.

Imagem: guilhermedentista/shutterstock
Imagem: guilhermedentista/shutterstock

Jabuticaba

A jabuticaba é uma fruta com alto teor de compostos fenólicos, com destaque para as antocianinas. Ela também é muito rica em fibras, que contribuem para o bom funcionamento intestinal, entre outros benefícios. A fruta possui vitaminas do Complexo B, principalmente B2 e niacina e, ainda, vitamina C. As vitaminas do Complexo B tem como principais funções ajudar no metabolismo energético e participar de reações do sistema nervoso.

Foto: Plena Mulher
Fonte: Plena Mulher

tres_estrelas_assinatura

[widgets_on_pages id=”saude”]

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE