radio-wsports
Clique e ouça aqui!

No Allianz Parque, Palmeiras e São Paulo iniciam disputa pelo título

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype
Abel Ferreira e Hernán Crespo buscam a primeira conquista estadual no Brasil; decisão é marcada pelo duelo de estilos

Palmeiras e São Paulo iniciam na noite desta quinta-feira (20) a decisão do título do Paulistão Sicredi 2021, às 22h, no Allianz Parque, casa palmeirense. Após 29 anos, os rivais voltam a se encontrar numa decisão estadual. Em jogo, além da taça diante de um rival, o fim da fila tricolor e a defesa do título palmeirense em busca de um novo bicampeonato.

Finalistas após eliminar Corinthians e Red Bull Bragantino, respectivamente, Palmeiras e São Paulo viveram campeonatos completamente diferentes. Tendo disputado o Mundial de Clubes, Recopa Brasileira, Recopa Sul-Americana e final da Copa do Brasil de 2020, Abel Ferreira optou por um time alternativo na maioria dos jogos. Do outro lado, o técnico Hernán Crespo aproveitou bem embalo da equipe desde a sua chegada e, além de fazer a melhor campanha na somatória das fases, chegou a encantar com o futebol apresentado.

Bodytech 300X200

Sem vencer o estadual desde 2005 e desde 2012 sem conquistar qualquer taça, o torcedor são-paulino vê no Paulistão a grande chance de encerrar este jejum de nove anos, o segundo maior da história do clube. Atual campeão paulista, da Copa do Brasil e da Libertadores, o Palmeiras tem a chance de marcar este como um dos períodos mais vitoriosos do clube.

Para o jogo desta quinta, Abel Ferreira não poderá contar com o meia Zé Rafael, expulso na semifinal contra o Corinthians. O português tem dúvida na lateral esquerda, entre Victor Luís e Matías Viña. Hernán Crespo, por sua vez, não tem desfalques por suspensão, mas Daniel Alves e Luciano são dúvidas por questões físicas. Ambos devem entrar em campo com uma formação com três zagueiros.

Mandante neste confronto de ida, o Palmeiras deve jogar com Weverton; Luan, Gustavo Gomez e Renan; Mayke, Felipe Melo, Patrick de Paula, Raphael Veiga e Victor Luís (Matías Viña); Rony e Luiz Adriano. O São Paulo deve contar com Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Bruno Alves; Daniel Alves (Igor Vinícius), Luan, Liziero, Reinaldo e Benitez; Pablo e Luciano (Gabriel Sara).

Vantagem tricolor
Na história do Campeonato Paulista, Palmeiras e São Paulo vão fazer o confronto 176 e a vantagem é tricolor. São 68 vitórias são-paulinas contra 57 palmeirenses, além de 50 empates. Revelado pelo São Paulo e campeão paulista pelo Palmeiras em 1996, Muller é o maior artilheiro do confronto pelo torneio estadual com 12 gols marcados.

Gringos na área

Essa será a primeira vez que dois treinadores estrangeiros estarão frente a frente em uma decisão de Campeonato Paulista. Disputada por pontos corridos, a edição do Paulistão de 1944 teve o uruguaio Ventura Cambon pelo Palmeiras e o português Joreca pelo São Paulo, disputando o título ponto a ponto. A vitória do Palmeiras por 3 a 1 em 17 de setembro, deixou o time de Palestra Itália muito próximo da conquista, consumada mais tarde após outras duas vitórias palestrinas.

Será a nona vez que um técnico estrangeiro erguerá a taça do principal estadual do país. Isso 46 anos depois da última conquista de um gringo em terras paulistas.

Confira os números atualizados do confronto pelo Campeonato Paulista:

175 jogos
68 vitórias do São Paulo
57 vitórias do Palmeiras
50 empates
248 gols do São Paulo
221 gols do Palmeiras

Artilheiro
12 gols
Muller (10 pelo São Paulo e 2 pelo Palmeiras) 

(CRÉDITO: CESAR GRECO/AG.PALMEIRAS)

Leia Mais

W Sports