Nos pênaltis, Ferroviária perde para o Cianorte e se despede da Série D

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

A Ferroviária entrou em campo para enfrentar o Cianorte pelo jogo de volta da segunda fase do Brasileiro da Série D e, após empatar no tempo normal em 0 a 0, acabou superada nos pênaltis, por 4 a 3, e se despediu da competição. Agora, a Locomotiva volta suas atenções à Copa Paulista, que tem início para a AFE nesta quarta-feira (26), quando a equipe enfrenta o Mirassol, no Estádio José Maria de Campos Maia, às 19 horas.

A partida, no tempo normal, foi amplamente dominada pela Ferroviária, que poderia ter saído com o resultado positivo, mas parou na trave e nas mãos do goleiro do Cianorte. Nas cobranças de pênaltis, Raul e Gabriel Leite desperdiçaram suas cobranças e a  Ferroviária perdeu por 4 a 3, se despedindo da Série D de 2019.

Drogao 700×400

De acordo com o zagueiro Raniele, a equipe precisa tirar as lições da derrota. “O que fica para gente é a experiência e a lição de saber que, mesmo jogando melhor os dois jogos, não foi o suficiente para sair com a classificação. Sabíamos que poderíamos ir para os pênaltis e tivemos as oportunidades nos dois jogos, mas não conseguimos. A Série D é isso, temos que levantar a cabeça e seguir trabalhando”, afirmou.

Para o técnico Vinicius Munhoz, a Ferroviária produziu e poderia ter tido melhor sorte no confronto com o Cianorte. “Com a somatória dos dois jogos, acredito que merecíamos a classificação, até pelo gol que marcamos no primeiro jogo e, na nossa visão, foi mal anulado. Jogando aqui, sabíamos da dificuldade que seria e que a possibilidade dos pênaltis era grande. O Cianorte teve a felicidade nas suas cobranças e agora temos que saber tirar o aprendizado para as próximas competições.”

Foto: Jonatan Dutra/Ferroviária SA

Tonin 700
Drogao 500×300
Gran Steak 500×300

Leia Mais

%d blogueiros gostam disto: