“Se nós soubéssemos que quando estava 4 a 0, mais um gol nos classificaria, não teríamos ido pra cima desesperados”, afirma Samuel Santos

O lateral-direito Samuel Santos contou detalhes sobre a desclassificação do Botafogo Futebol Clube no Campeonato Brasileiro da série C. Em entrevista ao programa W Sports News, exibido pela TV RP, canal 9 da NET, o jogador também demonstrou vontade de permanecer no Pantera.

“A responsabilidade da desclassificação não é só dos jogadores, todos têm uma parcela de culpa, desde a diretoria até o funcionário da faxina, a torcida também tem uma parcela de culpa, em jogos decisivos que talvez nós precisássemos de um maior apoio, onde a torcida poderia estar lotando o estádio, isso não aconteceu. No facebook tem mais torcedores que no estádio. Não estou criticando a torcida, eles sabem que sou apaixonado por eles, e já nos apoiaram muito como na campanha da série D.”, afirmou Samuel Santos

O jogador garantiu que o grupo não tinha problemas e nega que havia um racha no elenco.

“O grupo não tinha problemas de relacionamento, o grupo era unido, os jogadores se davam bem, não tinha vaidade. Faltou muito profissionalismo por parte do Botafogo, talvez um empenho maior dos jogadores, o fato de alguns terem se lesionado em alguns jogos decisivos, a falta de vitórias fora de casa, então assim, de modo geral várias coisas acarretaram com a desclassificação.”, afirmou Samuel Santos.

Samuel afirmou que na partida contra o Ypiranga, os jogadores do Tricolor não sabiam dos resultados dos outros jogos.

“Antes do jogo foi falado que os resultados seriam anunciados no alto-falante do estádio. Nós dentro de campo não ouvimos nenhum gol. Se nós soubéssemos que quando estava 4 a 0 , mais um gol nos classificaria, não teríamos ido pra cima desesperados. Fomos no embalo da torcida, uns diziam que precisava de mais um, outros diziam para segurar. A torcida estava pedindo mais um e nós fomos pra frente, mas não sabíamos dos outros resultados.”, contou Santos.

 

%d blogueiros gostam disto: