O triste fim do Canindé

Um dos estádios mais tradicionais da capital paulista está prestes a desaparecer. O Canindé que fica às margens da avenida marginal Tietê, em frente a principal rodoviária de São Paulo, vai ser leiloado para pagamento de dividas trabalhistas e de tributos para oa prefeitura de São Paulo.

Os detalhes do leilão estão sendo exibidos no site Mega Leilões. Os lances podem ser feitos no próprio site em período que tem início no dia sete de novembro e termina no dia nove. Após um processo iniciado em julho, a propriedade foi avaliada pela 10ª Vara Cível de São Paulo e terá como lance mínimo o valor de R$ 154.296.529,68.
A área do estádio foi penhorada por conta de um dívida de R$ 47,325.886,60, que incluí diversas ações trabalhistas de ex-jogadores, além de débitos com a Prefeitura de São Paulo pela falta de pagamento de IPTU referente aos anos de 2005, 2012, 2013, 2014 e 2015.

Unimed 300X200

A ação que originou o leilão é de 2002 foi aberta pelo ex-jogador Tiago de Moraes Barcellos para cobrança de R$ 5 milhões. A Portuguesa só saldou metade da dívida, o que fez a disputa retornar à vara de origem, que acabou definindo a penhora do terreno. Também são citados no processo outros sete atletas, entre eles, o zagueiro Rogério Pinheiro e o atacante Ricardo Oliveira, hoje no Santos FC.

Foto: A Portuguesa de Desportos

tres_estrelas_assinatura

[widgets_on_pages id=”mais futebol”]

Gran Steak 500×300
Novo Shopping 500×300
Tonin 500×300
%d blogueiros gostam disto: