Oliveira passa Coutinho e encosta em marca de Pelé na Libertadores

O torcedor do Santos se acostumou a ver Ricardo Oliveira ser o artilheiro do time desde 2015. Nesta temporada, porém, o atacante tem convivido com períodos de ‘seca’ e poucas bolas nas redes. Mas a coisa muda de figura quando o assunto é Copa Libertadores. Afinal, dos quatro gols que camisa 9 anotou em 2017, três foram na competição continental.
Inclusive, o último deles, na goleada de 4 a 0 sobre o Sporting Cristal, nesta terça-feira, na Vila Belmiro, fez o centroavante alcançar a marca de 12 gols pelo Peixe na Liberta (sendo nove em 2003), ultrapassando Coutinho, que marcou 11 vezes, e ficando atrás somente de Pelé (16), Neymar e Robinho (14).
“Eu já fico satisfeito com o resultado, por poder marcar gols, trabalhando com dedicação. Mas me sinto orgulhoso. Coutinho é um ícone da história do Santos, poder ultrapassar ele é algo para poder se orgulhar. Além disso, estou muito feliz pela vitória. Conseguimos o objetivo do nosso grupo com uma boa apresentação. O time se entregou, se dedicou muito. Agora temos que dar continuidade ao trabalho”, comentou Oliveira, que já soma 148 jogos e 84 gols pelo Peixe.
> Receba as notícias do futebol em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook
Após a vitória sobre os peruanos, o Peixe agora terá um ‘descanso’ na Libertadores. Afinal, as oitavas de final começam apenas a partir de 4 de julho. Porém, a bola não para de rolar no Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, às 16h (de Brasília), o alvinegro recebe o Cruzeiro, na Vila, pela terceira rodada da competição nacional.

Foto: Djalma Vassao | Gazeta Press

Unimed 300X200

Novo Shopping 500×300
Tonin 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: