Página Inicial Outros Esportes Vôlei Nestlé vence Genter Vôlei Bauru e garante segundo lugar

Vôlei Nestlé vence Genter Vôlei Bauru e garante segundo lugar

Escrito porRedação Wsports 26 26America/Sao_Paulo dezembro 26America/Sao_Paulo 2016

No duelo direto pelo segundo lugar na última rodada do turno da Superliga feminina de vôlei 16/17, melhor para o Vôlei Nestlé (SP). Nesta quinta-feira (22.12), a equipe de Osasco (SP) superou o Genter Vôlei Bauru (SP) por 3 sets a 0 (25/22, 25/18 e 25/13), em 1h29 de jogo, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). Foi a nona vitória do time do treinador Luizomar de Moura na competição.

Ao final do turno da Superliga feminina 16/17, o Rexona-Sesc (RJ) lidera a competição, com 31 pontos, seguido pelo Vôlei Nestlé (2º), com 27, Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) (3º), com 23, Genter Vôlei Bauru (4º), com 23, Dentil/Praia Clube (MG) (5º), com 23, Camponesa/Minas (MG) (6º), com 16, Pinheiros (SP) (7º), com 16, Fluminense (RJ) (8º), com 16, São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) (9º), com nove, Rio do Sul (SC) (10º), com nove, Sesi-SP (11º), com cinco, e Renata Valinhos/Country (SP) (12º), com um.


A ponteira Tandara se destacou no duelo, com 11 pontos, foi eleita a melhor do jogo e ficou com o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da CBV que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei.

A ponteira Tandara elogiou o apoio dos torcedores de Osasco durante todo o primeiro turno da competição.

“Nossa torcida está comparecendo em peso ao ginásio, lotando e apoiando o time cada vez mais. O determinante para a vitória diante do Bauru foi o estudo que fizemos. Deu tudo certo e o conjunto prevaleceu. O objetivo é subir de produção a cada dia e, automaticamente, na tabela de classificação. Cada uma sabe da sua responsabilidade e é, por isso, que o time está crescendo coletivamente”, disse Tandara. |

As duas equipes voltarão à quadra somente em 2017. O Vôlei Nestlé jogará com o São Cristóvão Saúde/São Caetano no dia sete de janeiro, às 20h (horário local), na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus (AM). Já o Genter Vôlei Bauru lutará pela reabilitação contra o Camponesa/Minas no dia nove de janeiro, às 20h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG).

O JOGO 

O Genter Vôlei Bauru começou melhor e fez 4/2. Bem no bloqueio e no saque, as visitantes fizeram 9/5. Neste momento, o treinador Luizomar de Moura pediu tempo. Se aproveitando dos erros do time bauruense, a equipe de Osasco encostou (14/13). Com um ponto de bloqueio, as donas da casa empataram (17/17).  O Vôlei Nestlé foi melhor na parte final da parcial e venceu o primeiro set por 25/22.

O Vôlei Nestlé seguiu melhor no início da segunda parcial e fez 4/1. Bem no saque e no bloqueio, o time de Osasco abriu seis pontos (9/3). Com a ponteira Rivera bem no saque, as bauruenses encostaram (10/7). O Vôlei Nestlé segurou a vantagem e fez 19/12. A equipe do treinador Luizomar de Moura foi melhor até o final e venceu o segundo set por 25/18.

A terceira parcial começou equilibrada. Bem no saque, o Vôlei Nestlé abriu dois pontos (8/6). Quando as donas da casa fizeram 11/7, o treinador Marcos Kwiek pediu tempo. A paralização fez bem as visitantes que encostaram (14/12). O Vôlei Nestlé dominou a parte final da parcial e venceu o terceiro set por 25/13 e o jogo por 3 sets a 0.

Fonte: Confederação Brasileira de Vôlei

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE