Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /homepages/9/d709298958/htdocs/clickandbuilds/WordPress/wsports/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /homepages/9/d709298958/htdocs/clickandbuilds/WordPress/wsports/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /homepages/9/d709298958/htdocs/clickandbuilds/WordPress/wsports/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /homepages/9/d709298958/htdocs/clickandbuilds/WordPress/wsports/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Warning: Trying to access array offset on value of type bool in /homepages/9/d709298958/htdocs/clickandbuilds/WordPress/wsports/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Polícia Federal prende cinco envolvidos em esquema de desvio de verba na Cbda

A Polícia Federal prendeu cinco pessoas nesta quarta-feira suspeitas de envolvimento no desvio de verbas públicas repassadas para a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos. A investigação, batizada de Operação Águas Claras, foi deflagrada nesta quinta-feira. Outras quatro pessoas também foram conduzidas de maneira coercitiva para unidades da PF no Rio de Janeiro e em São Paulo.

A investigação está sendo realizada em parceria da Polícia Federal com o Ministério Público Federal, além de contar com a participação da Controladoria Geral da União. Após denúncias de atletas, ex-atletas e empresários envolvidos no meio, o esquema milionário existente na Cbda passou a ser alvo dos órgãos públicos.

Além dos cinco presos e outros quatro envolvidos conduzidos aos locais da PF coercitivamente, outros 16 mandados de prisão foram expedidos pela 3ª Vara Criminal Federal de São Paulo.

> Receba as notícias do esporte em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook

Através de leis de incentivo ao esporte e convênios, uma verba de cerca de R$ 40 milhões foi repassada à Cbda, no entanto, a Polícia Federal acredita que a entidade não utilizou a quantia milionária da maneira que deveria, desviando a verba para proveito pessoal das pessoas que integravam o esquema de corrupção. Uma delas seria o ex-presidente Coaracy Nunes, afastado em fevereiro por improbidade administrativa.

Os investigados no esquema responderão pelos crimes de peculato, associação criminosa e fraude a Lei de Licitações. Como a Cbda recebe verbas públicas federais, envolvidos são considerados, segundo a Lei de Licitação, funcionários públicos para efeitos penais.

Foto: CBDA | Divulgação

 

Leia Mais

W Sports
Espaço Publicitario