Portuguesa leva virada do Votuporanguense, mas garante a classificação

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

A Portuguesa está nas semifinais da Copa Paulista e segue ‘firme e forte’ na disputa para ficar bicampeonato do torneio estadual, afinal é o atual campeão. Depois de fazer 3 a 0 fora de casa no último final de semana, a Lusa até acabou derrotada pelo Votuporanguense, de virada por 2 a 1, mas administrou a vantagem para carimbar a classificação no jogo de volta das quartas de final, que aconteceu na na noite desta terça-feira (26), no Estádio do Canindé, em São Paulo. Caio Mancha fez para os donos da casa, enquanto Diego Dentinho e Israel viraram a partida.

Agora, a Portuguesa aguarda o final dos outros jogos das quartas de final para conhecer quem será o seu próximo adversário na sequência do mata-mata. O que se sabe, por ter a melhor campanha geral, a Lusa irá enfrentar a equipe que tiver a quarta campanha e terá a vantagem de decidir em casa. Já o CAV, apesar da vitória, dá adeus as chances de levar o segundo titulo da Copa Paulista, a equipe foi campeã em 2018.

Jogando em casa, a Portuguesa começou fazendo pressão na área adversária e tomando as rédeas do duelo, apesar da vantagem adquirida no primeiro jogo. Tanto que não demorou para tirar o zero do placar. Aos 19 minutos, depois de uma bela jogada de Cesinha, Caio Mancha apareceu livre na área para, de cabeça, aproveitar o cruzamento para mandar a bola para o fundo das redes.

Porém, minutos depois do gol, a Portuguesa sofreu uma baixa, ao ter o volante Marzagão expulso após acertar o resto do adversário com o cotovelo. No primeiro momento, o árbitro havia dado apenas amarelo, mas depois de analisar o VAR, mudou a punição para o vermelho. A partir daí, a Votuporanguense conseguiu equilibrar a partida aos poucos, mas não conseguiu incomodar o goleiro Thomazella. Por isso, o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória parcial da Lusa.

Na volta do intervalo, precisando do resultado, o Votuporanguense foi para cima, no tudo ou nada. A melhor chance veio aos seis minutos, quando Alan Lopes cobrou falta com categoria e obrigou o goleiro Thomazellla a se esticar todo para mandar para escanteio. Luiz Fernando teve sua chance também, minutos depois, mas mesmo de frente para o gol, chutou para fora.

Porém, o jogo mudou dos 30 minutos para frente. Aos 34, Rafael Verrone cruzou rasteiro na área e Diego Dentinho apareceu para desviar para o fundo das redes, empatando para o Votuporanguense. Já o gol da virada saiu nos acréscimos, aos 50, quando André Baumer acertou o travessão depois de uma cobrança de escanteio. Mas, no rebote, Israel só teve o trabalho de completar para o gol. Por isso, o CAV venceu a partida por 2 a 1, mas mesmo assim acabou eliminado.

Leia Mais

W Sports
Espaço Publicitario