radio-wsports
Clique e ouça aqui!

Prefeito sinaliza flexibilizar quarentena a partir da próxima semana

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

Na manhã desta terça-feira o prefeito Duarte Nogueira realizou uma reunião por teleconferência com algumas das principais entidades de classe de Ribeirão Preto e indicou a possibilidade de flexibilização do decreto de calamidade pública (76/2020), que visa combater o avanço da Pandemia de Covid19. O decreto prevê que atividades consideradas não-essenciais permaneçam fechadas até o dia 22 deste mês.

O presidente da ACIRP, Dorival Balbino, disse que existe um “clima de ansiedade” entre empresários e trabalhadores, pois muitas empresas estão com sérias dificuldades para manter seus negócios sem faturamento. Balbino reforçou que a decisão pela flexibilização, com a abertura gradual das atividades comerciais e de prestação de serviços, é técnica e cabe às autoridades públicas.

O empresário destacou, entretanto, que é fundamental que sejam considerados além dos aspectos de saúde pública, também os impactos econômicos e sociais gerados pelo desemprego e pelo fechamento definitivo de diversas empresas. “É preciso olhar a situação pela realidade brasileira, onde muitas empresas e famílias sequer se recuperaram da última crise econômica.”, afirma.

Insegurança – Para Dorival Balbino, outro fator que está contribuindo para a sensação de insegurança dos empresários é que a maioria das empresas não está tendo acesso aos créditos anunciados pelo governo federal. “Elas estão procurando os bancos e estão recebendo principalmente a oferta de capital de giro normal com taxas de juros muito altas, que inviabilizam o negócio”, afirmou o presidente da Acirp.
Para o diretor regional do Ciesp, Guilherme Feitosa, a prefeitura sinalizou com a possibilidade importante de reabertura de algumas atividades. Ele afirmou não ter dúvida a respeito da  necessidade de retomar a atividade econômica, mas destacou que também é importante ter mais clareza sobre como funcionarão as novas regras paras as empresas e quais setores serão ou não impactados.

“A Secretaria da Saúde mostrou que já existe um cenário que permite enxergar a abertura de forma paulatina e gradual. O que não pode ocorrer é iniciar uma flexibilização e depois ter que recuar”, explica o empresário.

A Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto tem trabalhado arduamente para auxiliar os empreendedores na preservação de suas empresas e, consequentemente, dos empregos, renda e riqueza no município. Para isso tem oferecido assessoria jurídica, econômica e fiscal para seus associados e tem produzido boletins diários com atualizações sobre temas ligados à pandemia.

Foto Alexandre de Azevedo

Bodytech 300X200

Leia Mais

W Sports