Prefeitura anuncia fim de restrições para funcionamento do comércio e serviços em Ribeirão Preto

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

Já está liberado em Ribeirão Preto o funcionamento dos estabelecimentos comerciais da cidade sem restrição de horário, mas a população deverá respeitar as regras estabelecidas, como a proibição de aglomerações, distanciamento de um metro durante atendimentos, uso de álcool em gel e máscara, para evitar o contágio do novo coronavírus.

Fica determinado o horário para o comércio e serviços nos estabelecimentos com funcionamento liberado, e ocupação de 100% da capacidade, restrito à legislação municipal específica.

Mantém também a obrigatoriedade do uso de máscara em todos os ambientes e os protocolos de higiene devem ser seguidos de acordo com o Plano São Paulo.

Permanece proibida a permanência de pessoas em pé, utilização de pista de dança e autorização de festas acima de 300 pessoas. O Decreto Municipal será publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (10).

“Tudo que promover e facilitar o contágio do vírus em situações de muitas pessoas juntas deve ser evitado”, explicou o secretário de Governo, Antonio Daas Abboud.

O anúncio das novas medidas, seguindo as recomendações do Centro de Contingência do Coronavírus, foi feito na tarde desta sexta-feira, dia 10 de setembro, pelo prefeito Duarte Nogueira, ao vivo pelas redes sociais, 

“Não conseguimos prever se a pandemia irá voltar com gravidade ou não, mas sabemos o que fazer, e estamos fazendo, para proteger a população. Por isso, baseado em dados estatísticos, aguardamos mais quatro semanas para liberar de uma vez, tomando todas as medidas de precaução para evitar mais internações e mortes e enquanto isso, vacinar as pessoas sem parar” disse o prefeito Duarte Nogueira, ao ressaltar que a variante Delta, circulante em Ribeirão Preto, está sendo monitorada pelos especialistas.

“Alcançamos, graças a Deus, estabilização, se levarmos em consideração, desde o início da pandemia até setembro deste ano, números em queda permanente, com todos os indicadores no verde, os óbitos em amarelo, mas também em queda, conforme o Plano São Paulo. Mas não descansamos e não podemos despreocupar, a pandemia não acabou”, explicou a secretária Adjunta da Saúde, Jane Aparecida Cristina, ao apresentar dados sobre casos, internações e óbitos em decorrência da doença e andamento da vacinação na cidade.

Foto/Prefeitura CCS

Leia Mais

W Sports
Espaço Publicitario