“Quando você tem um grupo que tem os mesmos objetivos, esse grupo conquista coisas” afirma Plínio

Contratado para ser um dos pilares do sistema defensivo do Botafogo-SP no Paulistão de 2018, Plínio, que é homem de confiança do técnico Léo Condé, afirma que a adaptação na cidade e ao novo grupo está no caminho certo e trazendo boas expectativas.

“Eu estou muito feliz. A adaptação está sendo a melhor possível. O ambiente é muito bom, todos me receberam muito bem. Agora com a chegada dos demais jogadores, esperamos já estar com todo o elenco a disposição do treinador para podermos começar um trabalho mais específico, para já poder ir definindo a equipe”, afirmou Plínio.

Confiante, e com bom histórico por onde passou, Plínio afirma que a expectativa do grupo é de realizar uma boa campanha pelo clube e se possível, fazer história com uma campanha marcante.

“A expectativa é de fazer história. Acho que todo jogador que vem para um clube grande como o Botafogo, com o plantel que está sendo montado tem que querer fazer história. Eu não quero ser apenas um jogador que passou pelo Tricolor, eu quero conquistar alguma coisa. Primeiro nos classificar, depois quem sabe um semifinal e porque não sonhar com o título”, indagou o defensor que é velho conhecido de Condé.

Na companhia do treinador Botafoguense, o defensor fez parte da boa campanha do Sampaio Corrêa da Série B e do histórico vice-campeonato da Caldense no mineiro de 2015. Para Plínio o segredo daquele time foi o espírito de equipe e a força do grupo.

“É saber trabalhar o elenco. Acho que todo mundo naquele grupo que a gente tinha na Caldense tinha o mesmo objetivo, independente se iria jogar, ficar no banco ou nem ser relacionado, todos tinham o mesmo objetivo. Essa união do grupo, fez toda a diferença, quando você tem um grupo que tem os mesmos objetivos, essa equipe conquista coisas. Independente de quem entrasse, o outro estava sempre torcendo pelo companheiro. Acho que vamos conseguir implantar isso aqui no Botafogo. É como o Condé gosta de trabalhar”, afirmou Plínio.

Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo

%d blogueiros gostam disto: