Roberto Cavalo lamenta 1° tempo abaixo da média do Botafogo-SP no último jogo

Na noite da última terça-feira (11), o Botafogo conheceu sua primeira derrota fora de casa nesta Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe comandada por Roberto Cavalo foi derrotada pelo Figueirense-SC por 2 X 1, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Apesar do resultado negativo, o Pantera termina esta primeira fase da Série B como vice-líder da competição, que sofrerá uma pausa durante o período em que a Copa América será disputada.

Na partida contra o Figueirense, os botafoguenses ficaram assustados com o primeiro tempo do Tricolor. Muito longe do que vinha apresentando nesta Série B, o Pantera praticamente assistiu o adversário jogar e não deu trabalho para o goleiro do Furacão. Segundo o treinador do Pantera, Roberto Cavalo, o primeiro tempo do time em Santa Catrina foi para se esquecer.

Tonin 500

“Foi, sem dúvida [para se esquecer]. Cobrei no intervalo do jogo. O Botafogo, no primeiro tempo, foi muito abaixo do que a gente sabe e conhece, inclusive do Campeonato Paulista. Não pode ser normal, por isso cobramos. O time entrou com mais convicção no segundo tempo, conseguimos empatar o jogo e na hora errada, tomamos um gol bobo que nos complicou bastante”, disse o treinador.

Roberto Cavalo optou por começar a partida com o esquema de três volantes, que funcionou contra Operário-PR (vitória por 2 X 0) e Ponte Preta (empate em 0 X 0), ambos fora de casa. Na partida diante dos catarinenses, porém, o meio de campo não funcionou e, principalmente, não conseguiu anular o sistema ofensivo do Figueira.

“Foi a primeira vez que jogamos com três volantes e não deu certo, mas no geral, nossa equipe toda teve uma atuação apaga e o Figueirense sentiu que dava para fazer algumas jogadas e no primeiro tempo, além de fazer o gol, o Darley precisou fazer grandes defesas e uma bola na trave, então, no primeiro tempo, poderia ter sido um placar ainda mais elástico”, lamentou Cavalo.

Para Cavalo, o principal fator para a derrota foi a diferença com que os times entraram em campo. Segundo o treinador, enquanto o sistema defensivo do Pantera estava lento, o sistema ofensivo do Figueirense se aproveitou e foi mais veloz, o que dificultou a vida do Tricolor.

“Não corremos errado. Faltou um posicionamento com mais velocidade. Nós trotamos muito no primeiro tempo e o Figueirense foi mais rápido no sistema ofensivo, trocou passes com mais qualidade e nós na marcação, estávamos mais lentos e nisso, pecamos”, completou Cavalo.

O Tricolor agora terá 1 semana de folga e se reapresenta somente na semana que vem. O próximo compromisso do Fogão é no dia 29 de junho, no amistoso contra o Corinthians, que marcará a inauguração da nova arena do Pantera.

Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo

Tonin 700
Drogao 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: