Samuel Santos faz avaliação positiva após retorno e compara estilo de jogo de Fonseca com o de Tite

Na vitória do Botafogo sobre o Mogi Mirim pela Série C do Campeonato Brasileiro, a escalação do Pantera teve uma surpresa. Capitão da equipe no Campeonato Paulista, o lateral direito Samuel Santos retornou aos onze iniciais após ficar de fora da estreia por conta de uma lesão.
O camisa dois, um dos destaques do time no primeiro semestre, fez uma alto-avaliação positiva do seu retorno, e destacou a importância do Departamento Médico do Bota ter vetado a sua presença contra o Bragantino, já que poderia agravar a lesão e prejudicar o seu desempenho.
“Me senti bem, eu faço uma avaliação positiva desse meu retorno, estou feliz por ter voltado e ter conquistado os três pontos. Agradeço ao Departamento Médico que foi inteligente em me segurar na primeira rodada por conta de uma lesão e esse lesão poderia ter se agravado”, falou.

Samuel, que fez a sua estreia sob o comando de Rodrigo Fonseca, analisou o estilo de jogo do treinador. O lateral já trabalhou com outros três técnicos diferentes no Fogão – Marcelo Veiga, Márcio Fernandes e Moacir Júnior -, e comparou o atual treinador com Tite, na época em que o gaúcho estava no Corinthians.
“Muda que o nosso time fica mais ofensivo, chego mais na linha de fundo por termos mais meias, mas a parte defensiva fica um pouco mais vulnerável, mas o time tem que ter a consciência de marcar desde lá na frente. Mas isso é no treinamento, a gente lembra que o Tite jogava assim no Corinthians e tomava poucos gols, então eu tenho certeza que vamos nos adaptar rapidamente a esse estilo”, analisou.
O Bota volta a campo na próxima segunda-feira, contra o Volta Redonda, fora de casa, às 19h.

Foto: Rogério Moroti | Ag. Botafogo

 

%d blogueiros gostam disto: