Santo André vence a Inter de Limeira por 3 a 1 e conquista o penta na Série A2

O Santo André é pentacampeão da Paulistão A2 Sicredi. O quinto título da divisão foi conquistado na manhã desta quarta-feira, feriado de 1º de maio, com uma vitória por 3 a 1 sobre a Inter de Limeira, em jogo válido pela rodada de volta da final, no Bruno José Daniel.

A equipe do técnico Fernando Marchiori conseguiu reverter a vantagem de 2 a 1 que a Internacional havia construído no jogo de ida. Jobinho, duas vezes, e Anselmo marcaram os gols andreenses e P.C. diminuiu.

Tonin 500

Com a conquista, o time do ABC se torna, ao lado do XV de Piracicaba, o maior campeão da Série A2. Os outros quatro títulos foram conquistados em 1975, 1981, 2008 e 2016. Tanto o Santo André quanto a Internacional estão garantidas na disputa da elite do Paulistão em 2020.

Apesar de ter adotado uma postura cautelosa, a Inter de Limeira teve boa chance de ampliar a vantagem construída no primeiro jogo logo aos sete minutos. No lance, Chumbinho invadiu a área pelo lado direito e soltou uma pancada, mas o goleiro Thomazella estava esperto e espalmou para evitar o gol.

Fora isso, boa parte do primeiro tempo foi de controle defensivo da Internacional. Bem posicionada e com três volantes, a equipe fechou bem os espaços e teve bastante sucesso na missão de proteger a área. Diante deste cenário, o Santo André teve dificuldade para furar o bloqueio e demorou para levar perigo.

Mesmo diante da boa organização defensiva do adversário, a equipe andreense insistiu e conseguiu instaurar uma pressão nos minutos finais antes do intervalo. Entre os 46 e os 47 minutos, Rafael Pin teve que se virar para defender as boas finalizações de Denis Neves e Leonardo Luiz.

A insistência rendeu frutos aos 48 minutos, quando Jobinho foi derrubado por Nata ao invadir a área e o árbitro marcou pênalti. O próprio Jobinho foi para cobrança e converteu, com bola para um lado e Rafael Pin para o outro.

No retorno para o segundo tempo, o sistema defensivo da Inter não teve a mesma eficiência da etapa inicial. A equipe passou a ficar muito pouco com a bola no pé, diante de um Santo André mais confiante, com boa mobilidade e troca de passes no campo de ataque. A rede até chegou a balançar em um cabeceio de Leonardo Luiz, aos quatro minutos, mas o árbitro marcou impedimento.

O time do ABC foi evoluindo até dominar a partida e o gol se tornou questão de tempo. Ele quase saiu aos 19 minutos, quando Rafael Pin defendeu cabeceio de Leonardo. Um minuto depois, Maykinho cruzou pela esquerda e Anselmo fez um malabarismo para pegar a bola no ar e marcou um belo gol.

A Inter de Limeira deu poucos sinais de que poderia reagir e deu muito espaço para o adversário quando tentava avançar. As melhores chances continuaram sendo do Santo André, que chegou ao terceiro gol aos 37 minutos, quando Jobinho garantiu o título ao receber livre na área após cobrança de escanteio e mandar para a rede, de cabeça. Ainda deu tempo da Inter de Limeira diminuir, em chute de fora da área de PC, aos 40 minutos, mas já era tarde de mais.

Santo André: Thomazella; Rhuan, Leonardo, P.V. e Denis Neves;
Johnnatan, Raphael Toledo e Cristian (Guilherme Garré); Maykinho (Carlos Alberto), Anselmo e Jobinho (Fabrício).
Técnico: Fernando Marchiori

Inter de Limeira: Rafael Pin; Alison, Oliveira, Gean e P.C. (Michel); França, Marquinhos, Nata (Mael) e Chumbinho; Elvis e Gabriel Ramalho (Jorge Elias).
Técnico: João Vallim

Gols: Jobinho aos 50 minutos do primeiro tempo; Anselmo aos 20, Jobinho aos 38 e PC aos 39 minutos do segundo tempo;
Árbitro: Alessandro Darcie
Cartões amarelos: Elvis, P.C. e França

Foto/ Alexandre Battibugli FPF

Tonin 700
Drogao 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: