Santos empata no fim com o Athletico e evita derrota na Vila Belmiro

Uma cavadinha em cobrança de pênalti de Carlos Sánchez, aos 45 minutos do segundo tempo, evitou que o Santos fosse derrotado pelo Athletico-PR na tarde deste domingo, na Vila Belmiro, em jogo válido pela 18ª rodada do Brasileirão. O empate por 1 a 1 não era o resultado que a torcida esperava, mas ficou de bom tamanho e mantém o caráter de duelo pela liderança do jogo contra o Flamengo, no próximo sábado.

Antes empatado com o time carioca, líder da competição, a equipe do técnico Jorge Sampaoli ficou dois pontos para trás, com 36, ainda na vice-liderança. Se tivesse perdido, precisaria tirar uma diferença de 23 a 11 no saldo de gols para tomar a liderança no confronto direto do final de semana que vem. Agora, basta ganhar. O Athletico, por sua vez, fica em oitavo lugar, com 28 pontos.

A postura do Santos foi usual, com muita intensidade e focada em trabalhar a bola no campo de ataque. A formação ofensiva funcionou na questão do volume de jogo, mas a tomada de decisão dos atletas não foi das melhores. Erros de passes e finalizações imprecisas mataram jogadas que poderiam ser muito mais produtivas.

Aos poucos, o Athletico soube encontrar o caminho certo para aproveitar os espaços deixados na defesa adversária e passou a dominar as ações do jogo. Mas incisivo que os santistas, os athleticanos abriram o placar aos 41 minutos, quando Thony Anderson recebeu lançamento de Lucho González e bateu cruzado. A bola passou por Everson e foi para no pé de Braian Romero, que só empurrou para a rede.

No segundo tempo, o Athletico deixou a bola no pé do Santos e soube se defender com qualidade. Já o time da casa mostrou uma queda de rendimento muito grande, ainda na intenção de prezar pelo jogo ofensivo, porém cada vez mais desorganizado conforme o tempo corria.

Do jeito que deu, a equipe santista passou a criar boas chances nos 15 minutos finais, as melhores em jogadas de bola aérea. O goleiro Léo, no entanto, estava em uma tarde inspirada e fez boas intervenções. A única maneira de passar pelo athleticano foi com um pênalti, anotado com o auxílio do VAR e convertido por Carlos Sánchez, de cavadinha, aos 45 minutos.

O Santos volta a campo no próximo sábado, quando visita o Flamengo, no Maracanã, em duelo direto marcado para as 19 horas, pela 19ª rodada do Brasileiro. O Athletico  tem compromisso já na quarta-feira, diante do Internacional, na Arena da Baixada, pela rodada de ida da final da Copa do Brasil.

Foto: Ivan Storti / Santos FC 

Tonin 500

Tonin 700
Drogao 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: