São Paulo leva empate da Chapecoense e segue sem vencer no Brasileirão

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype
Eder abriu o marcador para os paulistas, mas Kaio empatou para os catarinenses já na segunda etapa do duelo

O São Paulo segue sem vencer no Campeonato Brasileiro. O campeão paulista perdeu uma boa chance de desencantar nesta quarta-feira (16) ao empatar, por 1 a 1, com a Chapecoense, no Morumbi, pela quarta rodada. Eder fez para os mandantes e Kaio anotou para os visitantes.

O resultado deixou os rivais lado a lado com dois pontos. Assim como o São Paulo, a Chapecoense, campeã da Série B em 2020, também segue sem vencer na Série A. O time catarinense ainda não triunfou sob o comando de Jair Ventura – dois empates e duas derrotas.

Bodytech 300X200

O São Paulo entrou em campo disposto a fazer o resultado o quanto antes. Rojas tentou a primeira aos seis minutos em chute da entrada da área, mas João Paulo esplamou. Aos 12 minutos, Rigoni colocou a bola na cabeça de Eder que anotou seu quinto gol em 13 jogos pelo São Paulo.

A Chapecoense respondeu aos 21 minutos em chutaço de Matheus Ribeiro. A bola passou perto. Aos 25 minutos, Luciano cabeceou firme e exigiu defesa de João Paulo. Já Bruno Alves cabeceou e acertu a trave. O São Paulo ficou com um jogador a menos após Rodrigo Nestor ser expulso aos 37 minutos por acertar o pé no rosto de Léo Gomes.

Com um a mais, a Chapecoense resolveu explorar o ataque e assustou aos 45 minutos. Lima mandou um petardo no ângulo, mas Tiago Volpi se esticou todo e evitou o gol de empate dos catarinenses.

No segundo tempo, o São Paulo perdeu a chance de ampliar com Pablo. Mesmo na pequena área, o atacante desperdiçou. A Chapecoense, não. Aos 24 minutos, Lima cruzou, a bola bateu em Liziero e encobriu Volpi. Kaio veio por trás e cabeceou.

O São Paulo tentou não sentir o golpe e acertou a rede pelo lado de fora da Chapecoense aos 27 minutos em batida de Igor Vinícius. A Chapecoense poderia ter virado o jogo aos 41 minutos, mas perdeu duas chances incríveis. Lima, mesmo cara a cara com Volpi, acertou a trave. No rebote, Kaio bateu de primeira, mas Wellington salvou em cima da risca. Aos 48 minutos, Gabriel Sara deu voleio, a bola desviou e acertou a trave da Chapecoense.

No domingo, o São Paulo fará o clássico paulista contra o Santos no domingo, às 18h15, na Vila Belmiro, em Santos, pela quinta rodada. A Chapecoense, por sua vez, visitará o Atlético-MG na segunda-feira, às 20 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte.

(CRÉDITO: MÁRCIO CUNHA/ACF)

Leia Mais

W Sports