Página Inicial Notícias Bronzeamento com biquíni esparadrapo vira moda na capital paulista

Bronzeamento com biquíni esparadrapo vira moda na capital paulista

Escrito porRedação Wsports 1 01America/Sao_Paulo Fevereiro 01America/Sao_Paulo 2017

Depois do sucesso do biquíni feito de fita isolante, que se tornou hit entre as cariocas neste verão, as paulistanas estão enchendo as clínicas de bronzeamento da capital e utilizando um acessório curioso para conquistar a cor e a maquinha da estação.

“Como não temos o costume de pegar o ‘sol na laje’, esse artigo é o que deixa a marquinha mais bonita. A luz da máquina de bronzeamento não atravessa o tecido e deixa a pele intacta”, explica Carolina Mazzi, que é sócia da irmã Natasha em uma rede de clínicas de bronzeamento.


> Receba as notícias de saúde e beleza em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook

Já quem prefere o bronzeamento na máquina de luz ultravioleta, pode escolher entre sessões de trinta, quarenta ou sessenta minutos (com preços de 55, 75 e 110 reais, respectivamente).

“Para quem vai estrear na técnica, o indicado é realizar uma sessão por semana até obter o tom desejado. Já para a manutenção da cor, é preciso apenas de uma sessão por mês”, orienta Carolina Mazzi.

A técnica de bronzeamento artificial realizada com máquinas de luz ultravioleta é liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Foto: Arquivo pessoal
Fonte: Beleza de Blog