Página Inicial Saúde 3 maneiras para ficar mais resistente ao estresse

3 maneiras para ficar mais resistente ao estresse

Escrito porRafaela Malpeli 27 27America/Sao_Paulo julho 27America/Sao_Paulo 2017

O estresse é inevitável, mas é importante aprender a lidar com isso. Algumas dicas podem ajudar a ter mais resiliência e melhorar a resposta a situações estressantes.

 

Nos últimos tempos, uma virtude tem sido comentada e almejada com mais intensidade: a resiliência, pois sua prática pode interferir positivamente na qualidade de vida das pessoas. De forma resumida, resiliência aplicada ao dia a dia significa ser capaz de se adaptar aos inevitáveis estresses e contratempos da vida. Em outras palavras, é conseguir se recuperar mais rapidamente quando algo foge do previsto.


Segundo a Mayo Clinic, instituição que é referência mundial em pesquisas e práticas clínicas, pode ser necessário trabalhar o estímulo à resiliência quando, com frequência, a pessoa se sente infeliz ou deseja ter reagido de maneira diferente em várias situações. A Mayo Clinic lista três táticas que podem ser usadas para aumentar o limite de resiliência e ficar mais resistente às situações estressantes.

1. Criar consciência

Ficar mais consciente sobre os próprios pensamentos e ações pode ajudar a reconhecer padrões e áreas em que é preciso melhorar. Na próxima vez que você se sentir estressado, pare e repense sobre a situação. Observe o que passa na sua mente durante este momento de estresse e reflita se é verdadeiro, real ou racional. O estresse muitas vezes desencadeia pensamentos irracionais. Ao notá-los antecipadamente, é possível reverter a situação e enxergar com outra perspectiva.

2. Refletir, depois julgar (se necessário)

Você costuma, frequentemente, julgar ações precipitadamente? Como, por exemplo, “Isso seria melhor se…”, “Eu teria feito desta maneira…”. Combata este “complexo de endireitar as coisas”. Desafie-se a simplesmente experimentar algo, por alguns minutos, sem tentar criticar ou querer melhorar. Ao atrasar o julgamento, cria-se espaço para a gratidão. Neste intervalo de tempo você pode perceber que o que está à sua frente é bom o suficiente ou agradável como está.

3. Mude o foco da sua atenção

Em dias estressantes, dê uma volta em locais agradáveis, concentre-se na caminhada e procure prestar atenção nos detalhes que vê pelo caminho. Procure por situações no seu dia em que você possa praticar o cultivo da atenção, como comer de forma consciente, envolvendo todos os sentidos para perceber o sabor, aromas e texturas de cada prato. Outra estratégia é concentrar-se na respiração, percebendo a frieza do ar enquanto você inspira e o calor da expiração.

Fonte: Rafaela Fusieger / Portal Unimed / Mayo Clinic

Ilustração: Carolina Moura

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE