radio-wsports
Clique e ouça aqui!

Se você pretende abrir uma empresa esta é a hora. Abertura de novas empresas é isentada de taxa por dois meses

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

A partir desta terça-feira (25), o governo de São Paulo decidiu isentar a abertura de novas empresas da cobrança de tarifa. A isenção da taxa de abertura valerá pelo prazo de 60 dias, ou seja, até 23 de outubro.

O objetivo é estimular a economia e tentar diminuir os impactos na geração de emprego e renda decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

Gran Steak 500×300

A suspensão da cobrança vale para empresas com classificação Limitada (LTDA), Empresário Individual por Responsabilidade Limitada (EIRELI), Sociedade Anônima (S/A), Empresa Pública, Empresário Individual (EI) e Sociedade Cooperativa.

De acordo com o governo, houve recorde na abertura de novas empresas no mês de julho no estado de São Paulo.Leia Também:

Foram abertos 21.788 novos negócios em julho, número superior ao de fevereiro, que até então registrava a maior alta do ano, com 18.042. Além disso, o número também foi superior ao mesmo mês de 2019, quando foram abertas 20.187 empresas.

Ademais, a maioria das novas empresas foram do setor de comércio, automotores e bicicletas (30,5% do total). Em seguida, veio o segmento de atividades administrativas e serviços complementares (11,8%). Por outro lado, o setor de construção, um dos mais importantes por gerar muitos empregos, foi responsável por apenas 6,1% dos novos registros.

O número de registro de novas empresas vem crescendo desde maio, após uma queda muito expressiva em abril, com a abertura de apenas 5.280 empresas no estado. Na comparação com abril do ano passado, houve um recuo de 73%.

A Junta Comercial informou que em maio houve a abertura de 10.882 novas empresas e, em junho, o total subiu para 15.918. No ano passado, foram abertas 20.896 empresas em maio e 17.804 em junho.

Leia Mais

W Sports