SEGURO DE VIAGEM É O LADO SÉRIO E RESPONSÁVEL DA LUA DE MEL

Preparar uma lua de mel é sempre um momento alegre e marcante. Escolher o destino, o hotel, a companhia aérea e os passeios remente ao sonho de fazer uma viagem perfeita e feliz. Para isso, entretanto, não basta apenas ser minucioso no roteiro, estudar as regiões que serão visitadas e levar dicas de bons restaurantes e atrações. Fazer uma viagem feliz e perfeita significa estar, ao máximo, protegido de contratempos que, quem viaja sabe, muitas vezes acontecem.

Por isso, fazer um seguro de viagem é condição essencial ao casal viajante, mas não basta apenas pensar na eventualidade de ter a bagagem extraviada. É preciso ir além, estando ciente de que acidentes de todos os tipos ocorrem e eles podem ter, inclusive, relação direta com o tipo de viagem ou as práticas escolhidas durante a lua de mel.

Para falar sobre proteção, assistência e seguro de viagem, a TRAVEL3 conversou com exclusividade com Agnaldo Abrahão, o diretor comercial da April Brasil, uma das maiores e mais completas empresas do segmento.

TRAVEL3: Agnaldo, um seguro de assistência numa lua de mel deve ir além da proteção contra o extravio de bagagem. Como orientar o casal sobre o tipo de seguro a ser contratado?

Agnaldo Abrahão: Todos os viajantes devem sair de casa segurados, inclusive os casais em lua de mel. Além das assistências para extravio de bagagem, por exemplo, também pode-se considerar a assistência médica e odontológica, a convalescência em hotel, a interrupção de viagens, entre outros. O importante é estar preparado para qualquer imprevisto que venha a ocorrer durante a lua de mel, verificando o destino e o perfil do casal, para identificar o tipo de seguro adequado para a viagem, principalmente as coberturas, que devem ser de acordo com os preços cobrados em despesas médicas no destino escolhido.

T3: O destino escolhido muda o tipo de assistência a ser adquirida?

AA: Sim. Nossa indicação é que o casal pesquise os custos com saúde praticados no destino escolhido para a lua de mel, para então decidir sobre o investimento que será feito no seguro de viagem. É muito comum que, no momento do planejamento, os viajantes economizem nesse item, podendo adquirir um produto com cobertura que não seja ideal para aquele destino. Caso venham a necessitar de assistência, como a cobertura não é compatível com os preços cobrados no destino, os gastos extras podem ser exorbitantes. Também deve ser considerado o perfil do casal e as atividades que eles praticarão no destino, para ter a certeza de que tudo está incluído nas coberturas.

T3: Qual a orientação da April para os casais que estão preparando a lua de mel?

AA: Esse item deve ser contratado com antecedência, para se obter um produto adequado e com o melhor custo-benefício, dando sempre preferência por empresas renomadas no mercado e que ofereçam atendimento desde o Brasil, em português. Avalie bem as coberturas e tenha conhecimento de tudo o que está incluído e se está de acordo com as suas necessidades e expectativas.

T3: Você pode citar alguns casos marcantes em que o seguro de assistência foi essencial para os casais em lua de mel?

AA: Já tivemos muitas situações com casais em lua de mel, como casos os quais foi necessário antecipar o retorno dos viajantes ou até mesmo prestar assistência médica por práticas esportivas, entre outras. O ideal é que o casal sempre escolha um seguro adequado, que atenda plenamente cada etapa da viagem a ser feita.

Conteúdo Travel 3

Foto- Crédito Antonio Euryco

Jornalista – Atonio Euryco

%d blogueiros gostam disto: