Sobre Santos x Corinthians, Sheik diz: “É um clássico, tudo pode acontecer”

Após a estreia na Conmebol Libertadores 2018, jogadores e comissão técnica se reapresentaram no CT Dr. Joaquim Grava na tarde desta sexta-feira (02). O elenco já iniciou a preparação para mais um difícil desafio: o clássico contra o Santos, pelo Paulistão, que acontece neste domingo (04). Após o treinamento, o atacante Emerson Sheik falou sobre a expectativa para a partida.

“Tão importante quanto a vitória, é o merecimento. É importante vencer, obviamente, mas merecer vencer é tão importante quanto. No próximo jogo o pensamento tem que ser esse. Segue firme e não muda nada. É claro que uma vitória no clássico motiva mais, deixa o ambiente alegre, a motivação é maior… não na sequência do ano inteiro, mas para o próximo jogo, sim. Mas é um clássico, tudo pode acontecer”, comentou.

Novo Shopping 300X200

“A concentração é no clássico ou num jogo teoricamente mais fácil. Aqui existe um respeito grande entre nós, atletas, e o Fábio, que é um cara extremamente justo. Ainda não tinha trabalhado com ele como treinador. Ele participou de todos nossos títulos com o Tite, mas como treinador é minha primeira vez.

É legal porque ele é muito justo. Pegando gancho no que eu falava de merecimento, ele é muito justo. Estou super tranquilo, quero jogar, como todos os outros, e entendo que os companheiros trabalham da mesma maneira, com objetivo de ajudar. O importante é saber que o Fábio está olhando o dia a dia, assim como toda a comissão dele. Fico feliz, porque as oportunidades vêm aparecendo. Todos querem jogar. Jogos grandes assim, tive êxitos em muitos… não sei até que ponto pesa. O importante é quem jogar, ir bem”, continuou.

Como visitante, o Corinthians enfrenta o Santos no estádio do Pacaembu. O duelo, que tem início marcado para as 17h, terá torcida única. Assim, a Fiel não poderá estar presente.

“Eu sou um dos que pensam como os atletas mais antigos. Perder a magia não pode. E o futebol brasileiro perdeu um pouco a magia, a brincadeira entre atletas, apostas, zoeiras. Eu gosto das brincadeiras, das provocações, acho que essa é a grande magia do nosso futebol. Talvez seja por isso que o futebol é nossa paixão. É triste, extremamente triste jogar com uma única torcida, mesmo que seja a nossa. Você acaba tirando o direito de todos acompanharem um evento grandioso como o futebol. Por outro lado, tem a parte da segurança. Uma vez que pago todos os impostos, entendo que posso ir a qualquer lugar e ter segurança. Não quero ir à fundo, não sei o que envolve. Mas é triste,” completou Sheik.

Para a estreia do Corinthians em casa na Conmebol Libertadores, que acontece diante do Deportivo Lara (VEN), a venda prossegue exclusivamente para os sócios do Fiel Torcedor também pelo site do programa.

Drogao 500×300
Novo Shopping 500×300
Tonin 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: