Técnico do Botafogo-SP agradece antecessor e cobra melhora da equipe, mesmo no G4

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

As coisas parecem estar se ajeitando no Botafogo. Após um período ruim, o time comandando por Hemerson Maria já está há quatro jogos sem perder e sem tomar gols. Além disso, hoje, o Pantera figura no G4 da competição, pela primeira vez desde que o treinador assumiu.

Apesar da sequência negativa que o Tricolor teve com Maria, a pior colocação em que o time ficou foi a 10° colocação. E o treinador botafoguense agradeceu ao antigo técnico, Roberto Cavalo, por isso.

UNIMED

“Eu queria, mais uma vez, agradecer ao Roberto Cavalo. A gente passou por um momento turbulento, com só uma vitória, algumas derrotas e a equipe não despencou muito na tabela, muito pelo início do Roberto Cavalo. É um amigo que tenho em Santa Catarina, é um excelente profissional, deixou um legado muito grande e um desafio muito grande para eu dar sequência”, disse Hemerson Maria após a partida contra o Vila Nova-GO.

Após a partida contra os goianos, o treinador elogiou a evolução da equipe, mas cobrou uma melhora dos jogadores do Pantera.

“Era uma cobrança justa. Contra o América-MG, finalizamos onze vezes e acertamos o gol só uma vez, isso é muito pouco. Hoje [contra o Vila Nova-GO], fizemos dois gols, bola na trave e outras situações. Mas temos que ter equilíbrio. Nós temos que jogar melhor, tem jogadores que eu posso extrair mais. Está sendo importante este período que tenho para trabalhar, tenho pleno conhecimento do grupo”, disse Maria.

O Pantera volta a campo na próxima terça-feira (24), contra o Operário-PR. A partida acontece no estádio Santa Cruz, às 19h15.

Foto: Raul Ramos / Agência Botafogo

 

Leia Mais