Técnico do Mirassol crê no futebol apresentado para ir o mais longe possível

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Share on skype

De olho na confirmação da vaga à segunda fase da Copa Paulista, o Mirassol segue a sua preparação para o confronto diante do Linense. No clube há cerca de quatro meses, o técnico Ricardo Catalá fala sobre a sua adaptação e projeta sequência de trabalho. 

Com nove pontos, o Mirassol precisa de um ponto em duas rodadas para confirmar a sua vaga na próxima fase da competição sem depender de nenhum resultado do Votuporanguense, único clube que ainda ameaça a sua classificação.

“O nosso desempenho não é condizente com a pontuação até o momento. Fizemos ótimas partidas, criando muitas possibilidades, mas pecamos nas finalizações. O bom jogo da equipe nos anima a projetar a possibilidade de irmos o mais longe possível”, analisou Ricardo Catalá.

Aos 36 anos, Catalá tem a sua segunda experiência como técnico profissional. Em 208, ele comandou o Red Bull e assumiu o Mirassol no início da competição. “A minha adaptação foi até mais fácil do que o imaginado, por diversos motivos, dentre eles, estrutura oferecida pelo clube, apoio incondicional da diretoria e compromisso e dedicação dos atletas que absorveram as ideias em curto espaço de tempo”, revelou.

Próximo da classificação, Catalá falou sobre a sequência de trabalho a frente do Mirassol. “Nosso objetivo é assegurar matematicamente a classificação, para depois pensarmos na segunda fase. Devemos utilizar as duas partidas dessa fase para continuar evoluindo e chegar o mais preparado possível para a próxima etapa”, completou o treinador.

O Mirassol volta a campo no domingo (18), às 10h, para enfrentar o Linense, no estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins, pela penúltima rodada da primeira fase da Copa Paulista.

Foto: Divulgação / Mirassol FC

Leia Mais

W Sports
Espaço Publicitario