radio-wsports
Clique e ouça aqui!

Tite lamenta erro da arbitragem, mas também acusa erros de sua equipe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

O Brasil entrou em campo diante da Suíça como favorito em sua estreia na Copa do Mundo da Rússia. Mas, quando a bola rolou este favoritismo não foi tão claro assim. A tradicional retranca suíça quase não deu liberdade ao esquema tático brasileiro. Foram poucas as chances do Brasil no primeiro tempo.

Aos 11 minutos o time verde e amarelo teve sua primeira grande chance.  Neymar recebeu de Phillipe Coutinho, levou a bola para a linha de fundo e cruzou,  Gabriel Jesus chutou cruzado, a bola passou perto do gol.

Bodytech 300X200

Logo na sequência, dois minutos e meio depois,  Gabriel Jesus cruzou  da esquerda pelo alto, a bola passou  na frente do gol e foi para a linha de fundo.

Em um dos poucos erros da Suíça no tempo inicial a seleção marcou seu Gol, Phillipe Coutinho recebeu uma bola na entrada da grande área no lado direito da defesa do adversário e bateu no anglo esquerdo do goleiro Yann Sommer. Um golaço.

Neymar quase não apareceu na primeira etapa, o que já era esperado, pois o atleta continua em processo de recuperação. No segundo tempo ele chamou mais a responsabilidade para si e ajudou mais seus companheiros.

No inicio do segundo tempo a equipe brasileira foi surpreendida com gol suíço. Aos cinco minutos em um lance faltoso, Steven Zuber empatou a partida . Ele empurrou o zagueiro Miranda e golpeou de cabeça sem chances para Alisson. A partir deste momento praticamente só deu Brasil, mas a bola insistiu em não entrar.

Após o jogo, Tite lamentou o erro da arbitragem , perguntado pelo jornalista Wilson Rocha sobre o lance do gol da Suíça, um suposto penâlti em Gabriel Jesus e não utilização do VAR nos lances, o treinador respondeu:

” Gostaria de estar respondendo outra pergunta de performance e desempenho. Até porque pode parecer desculpa pelo empate. Não tem que pressionar a arbitragem na hora. Tem gente para avaliar, não podemos ter uma equipe desequilibrada.O lance do Miranda foi muito claro. E não estou justificando o resultado. Muito claro. O lance do pênalti é passivo de interpretação. Mas o primeiro, não. Não dá para conceber alto nível dessa forma”, disse Tite.

O técnico também demonstrou insatisfação com o resultado. Traduziu este sentimento em poucas palavras:  “Tivemos algumas partes que oscilaram. Até o gol, o volume foi forte. E depois retraímos demais, que não é o nosso normal. No intervalo, corrigimos alguns posicionamentos, tentamos ter uma saída mais adiantada. Mas, durante o jogo, a Suíça conseguiu ser melhor a partir do gol de empate. Depois equilibramos de novo. E mantivemos um nível de Brasil, mas a ansiedade bateu forte. Apressamos demais o jogo. Quando apressa demais, o último movimento (finalização) fica impreciso. Foram 20 chutes, mas muitos para fora. Poderíamos ter feito o goleiro trabalhar mais”.

O jogador Phillipe Coutinho foi eleito pela Fifa o homem do jogo. Um bom público na Arena Rostov, pouco mais de 43 mil pessoas assistiram a partida em Rostov On Don.

 

Wilson Rocha

W Sports/ FI – Foto Rodrigo Villalba

Leia Mais

W Sports