Página Inicial Turismo Florianópolis: 344 anos de magia na ilha de Santa Catarina

Florianópolis: 344 anos de magia na ilha de Santa Catarina

Escrito porRedação Wsports 24 24America/Sao_Paulo março 24America/Sao_Paulo 2017

Conhecida como a “ilha da magia”, Florianópolis celebra nesta quinta-feira (23) seus 344 anos com muita festa. Apresentações de artistas locais (manezinhos) e cantores nacionais, no Trapiche da Avenida Beira-mar Norte, estão entre os atrativos culturais da festa em homenagem à capital catarinense. A programação de comemoração foi iniciada no último sábado (18) e só termina na segunda-feira (26). Além da ilha de Santa Catarina, a capital ocupa parte do continente, incorporada à cidade em 1927 com a construção da ponte pênsil Hercílio Luz, cartão-postal de Florianópolis.

O turismo em Florianópolis é rico em atrativos históricos, culturais e naturais, com mais de 40 praias. Entre as mais badaladas estão Jurerê, Canasvieiras, Ingleses, Mole e Joaquina, cenário de campeonatos nacionais e internacionais de surf. A atividade turística contribui para a economia local o ano inteiro.


A movimentação da cidade é intensa, notadamente no verão, com a chegada de estrangeiros, principalmente argentinos, além de gaúchos e turistas das demais regiões do Brasil. A ilha é recortada com várias enseadas, pontas, ilhas, baías e lagoas. Os bairros ficam entre as montanhas, lagoas, manguezais, dunas e praias e são interligados por rodovias sinuosas.

Os cenários entre um atrativo e outro são paradisíacos, como a famosa Lagoa da Conceição, no centro da ilha. Nos arredores da lagoa, se destacam as rendas de bilro, de tradição açoriana. No Centro Histórico, estão atrativos importantes como a Catedral de Nossa Senhora do Desterro (nome original da cidade), a Figueira Centenária da Praça XV de Novembro, o Museu Cruz e Sousa (antigo palácio do governo), o Teatro Álvaro de Carvalho, a Alfândega e o Mercado Público. Apesar das construções modernas, a paisagem urbana ainda mantém o aspecto colonial. Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da Ilha estão entre os bairros mais preservados, onde predomina a pesca artesanal.

> Receba as notícias do turismo em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook

A ilha é ideal para a prática de esportes dentro e fora d´água como o surf e o sandboard, surf nas dunas em pranchas de madeira. A Lagoa da Conceição proporciona muitas opções como windsurfe, kitesurf, vela, caiaque e stand-up paddle, além de passeios de barco, inclusive para almoçar em um dos restaurantes da Costa da Lagoa.

O Parque Ecológico do Córrego Grande é uma das opções para fugir do roteiro de sol e mar. Já a Avenida Beira-mar Norte é o lugar para quem quer caminhar, correr, andar de skate, patins ou pedalar. Parapente e asa-delta embelezam ainda mais o cenário esportivo da ilha.

Outra atração muito visitada é a Ilha do Campeche, tombada como Patrimônio Arqueológico e Paisagístico Nacional. Campeche abriga praias de águas transparentes e natureza exuberante, além de inscrições rupestres em sítios arqueológicos. Depois de pegar um barco, chega-se ao local protegido por trilhas com acompanhamento de guia.

Foto: Divulgação | Embratur

 

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE