Um fim de semana de festa em Franca após a conquista do troféu Liga Sul-Americana

O Sesi Franca Basquete conquistou, na noite da última sexta feira (14), o seu segundo título na temporada 2018/2019. Jogando fora de casa, na Argentina, a equipe comandada pelo técnico Helinho Garcia bateu o Instituto de Córdoba, por 94 a 90, fechou a série final em dois a um e levantou o troféu da Liga Sul-Americana, pouco mais de dois meses após a conquista do Campeonato Paulista.

O título, além de colocar o Sesi Franca Basquete no posto mais alto do pódio pela segunda vez consecutiva em 2018, garantiu ao time a classificação para a Liga das Américas 2019, maior competição de clubes do continente, que assegura a seu campeão uma vaga no Campeonato Mundial Interclubes.

Novo Shopping 500

A equipe do interior de São Paulo jogará o torneio continental após sete anos de ausência, tendo participado pela última vez em 2012, após o vice-campeonato do NBB 2010/2011.

Com o caneco, o Sesi Franca Basquete chega a sete títulos Sul-Americanos, sendo o primeiro neste século, já que os anteriores foram conquistados nos anos de 74, 75, 77, 80, 90 e 91. Em sua galeria, há ainda os troféus de quatro Pan-Americanos (93, 94, 97 e 99), totalizando 11 títulos internacionais nos mais de 50 anos de história ininterrupta no basquete, que registra ainda dois vice-campeonatos mundiais, alcançados em 75 e 80.

A conquista de 2018 veio após equilibrada partida diante do Instituto de Córdoba, somente decidida nos minutos finais. A equipe brasileira iniciou o jogo atrás no marcador, perdendo o primeiro tempo e indo para o intervalo com desvantagem de 42 a 38.

Na segunda metade da peleja, no entanto, o time paulista soube manter o equilíbrio e superar a pressão da torcida adversária para assegurar a dianteira do placar, alcançada no último quarto.

Autor dos últimos nove pontos do Sesi Franca Basquete no jogo, convertidos em dez lances livres tentados, o ala André Góes foi um dos principais responsáveis pelo triunfo em terras portenhas. O jogador, que veio do banco de reservas, encerrou a partida com 15 pontos, dois rebotes e uma assistência.

Além do camisa 40, outros quatro atletas da agremiação visitante alcançaram dígito duplo na pontuação: o pivô Cipolini, cestinha francano com 17 pontos; o armador Alexey, com 11 pontos, contribuindo também com seis rebotes e sete assistências; o ala Jimmy, com 12 tentos, e o norte-americano David Jackson, com 16.

David Jackson, com a atuação desta sexta-feira, alcançou ainda o posto de jogador mais valioso (MVP) das finais da Liga Sul-Americana, encerrando a série diante do Instituto de Córdoba com médias de 13,3 pontos, 4,3 rebotes e 2,67 assistências por jogo, com aproveitamento de 56% nos arremessos de quadra.

Destaque na final também para o jovem Didi, revelado nas categorias de base do Sesi Franca Basquete, que teve problemas com faltas na derradeira partida, anotando sete pontos em 11 minutos em quadra, mas terminando a série com média de 16 pontos por jogo com 66,7% nas tentativas.

Com dois troféus em dois campeonatos disputados na temporada, o Sesi Franca Basquete agora volta as atenções ao Novo Basquete Brasil, no qual ocupa a primeira colocação. Helinho e seus comandados, com campanha de 10 vitórias e duas derrotas até o momento, enfrentam o Joinville, na próxima terça-feira (18), fora de casa. O resultado positivo assegura a liderança e o mando de quadra na Copa Super 8, torneio que reunirá, na segunda quinzena de dezembro, as oito melhores equipes classificadas no campeonato nacional.

Novo Shopping 500
Tonin 500
Drogao 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: