Vadão comemora “minimeta”, mas pede pés no chão ao elenco do Guarani

Vadão comemora “minimeta”, mas pede pés no chão ao elenco do Guarani

Técnico celebrou as três vitórias seguidas na Série B do Brasileirão

Com uma sequência de três vitórias seguidas, que colocou o Guarani na vice-liderança da Série B, o técnico Vadão comemorou a “minimeta” batida, mas freou a empolgação e pediu pés no chão para o jogo contra o Paysandu.

“Cumprimos a minimeta, até passando dois pontos. Tivemos chances de fazer um resultado nos dois jogos anteriores fora, não deu e aí criou-se um negócio que joga mal fora. Fizemos uma boa partida aqui em Curitiba, soubemos neutralizar, suportamos o sufoco, e eles só chegaram com perigo em uma bola na trave. Ainda tem muita coisa pela frente”, afirmou.

Unimed 300X200

> Receba as notícias do futebol em primeira mão. Curta a página Wsports no Facebook

Para a partida contra a equipe de Belém, o técnico deve promover uma mudança na equipe titular. Herói da partida contra o Paraná, o paraguaio Samudio deve voltar ao banco de reservas para a entrada de Fumagalli, que estava poupado. No entanto, Vadão elogiou o atacante paraguaio.

“O Samudio vinha treinando bem, foi até cogitado para sair. Com a demora de outros jogadores para atuar, voltou a entrar nos planos. Então só fiz justiça com um jogador que estava treinando bem. Ele aproveitou a chance. O dia a dia é que nos dá a confiança de apostar no atleta”, finalizou o comandante.

Guarani e Paysandu se enfrentam nesta terça-feira (13), às 19h15, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

Foto: Divulgação

 

Novo Shopping 500×300
Tonin 500×300
Gran Steak 500×300
%d blogueiros gostam disto: