radio-wsports
Clique e ouça aqui!

Vice-presidente do Comercial explica como será a multa de rescisão caso parceria seja interrompida antes de dois anos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no skype

Uma das grandes preocupações dos torcedores, quando um clube fecha uma parceria, é a multa rescisória em caso de insucesso ou de não cumprimento das clausulas. A diretoria do Comercial se mostrou bastante preocupada em relação a um contrato longo e também com os valores da multa, por isso assinou apenas por dois anos.

O vice-presidente do clube David Isaac explicou como irá funcionar caso uma das partes não cumpram com o contrato ou queiram rescindir por algum motivo.

Gran Steak 500×300

“É importante falarmos sobre a multa rescisória. No contrato, está escrito que se o Comercial der causa ao seu encerramento e esse encerramento se der por nós assinarmos com outro investidor, teremos que reembolsar todos os investimentos feitos pela DSports, esse é o único caso que teríamos que devolver o dinheiro investido. Se, no entanto o Comercial der causa, por exemplo, por não repassar as receitas para eles (50% do valor líquido que entra no clube), não tem uma multa, mas teremos que repassar esses 50% nos seis meses subsequentes,” disse Issac que ainda falou o que acontece caso a DSports queira terminar o contrato antes do prazo.

“Se eles derem causa a rescisão, terão que nos pagar duas vezes o valor de aporte mensal, ou seja, o valor referente a dois meses. Então, multa rescisória é só por parte deles e de nossa parte somente se assinarmos com um novo investidor,” finalizou.

Foto: Henrique Pacini

Leia Mais

W Sports