Vôlei Ribeirão faz jogo decisivo fora de casa diante do Atibaia

A chance de classificação às quartas de final da Divisão Especial do Campeonato Paulista continua nas mãos dos jogadores e da comissão técnica. Na noite desta quarta-feira (13), a partir das 20h, o Vôlei Ribeirão dará uma cartada decisiva para buscar a vaga: enfrentará o Atibaia no Ginásio Elefantão, em Atibaia, no sétimo e penúltimo confronto da fase inicial.

As duas equipes estão em situação parecida na tabela. Enquanto o Atibaia tem quatro pontos, em sétimo lugar, o Vôlei Ribeirão soma três, em oitavo junto com o Santo André – todos estes times venceram uma partida, mas o Atibaia tem um ponto a mais somado em derrota de 3 sets a 2 para o Taubaté. Também nesta quarta (23), às 20h, o Santo André visita o São José em jogo que interessa para o Vôlei Ribeirão.

“É um jogo importante que pode decidir muita coisa. Hoje o Atibaia é um adversário direto e toda a concentração, todo o foco, está nesta partida. Nessa situação em que a gente vive hoje, o jogo é uma final. Ou vai a gente ou vão eles”, comentou central Ualas.

Após o compromisso em Atibaia, o time ribeirão-pretano treinado por Marcos Pacheco terá mais um desafio. No sábado (16), às 17h, receberá o Campinas no Ginásio Gavino Virdes, complexo esportivo Cava do Boque. Se vencer os dois jogos, o Vôlei Ribeirão poderá até chegar ao sexto lugar.

“O jogo em Atibaia é decisivo. Não adianta pensar no sábado [jogo contra o Campinas] sem antes vencer na quarta-feira. Nosso time deixou de somar pontos, sets, e isso pode fazer a diferença, mas a classificação ainda é possível, desde que passemos pelo Atibaia”, comentou Pacheco.

No campeonato, o time ribeirão-pretano venceu o Santo André (3×1) e perdeu para Sesi-SP (0x3), Taubaté (1×3), Itapetininga (1×3), São José (0x3) e Corinthians (0x3), com sets equilibrados. O Atibaia foi derrotado por São José (1×3), Corinthians (1×3), Campinas (0x3), Sesi-SP (0x3), Taubaté (2×3) e vem de triunfo sobre o Santo André (3×1).

O Vôlei Ribeirão conta com patrocínios da São Francisco Saúde, Sicoob e Raízen, e apoio da Prefeitura de Ribeirão Preto, por meio da Secretaria Municipal de Esportes, Fórmula Academia, Clínica Collucci e Muraca Sports.

Além do lado esportivo, a equipe tem caráter social. Os ingressos dos jogos em casa são trocados por alimentos ou produtos que são destinados ao Fundo Social de Solidariedade. O projeto consiste ainda em inclusão social por meio do esporte.

Fotos: FL Piton/CCS

%d blogueiros gostam disto: